sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Notícias de Educação - 07/dez/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Educação infantil: amigos imaginários podem entrar na sala de aula?

Ao contrário da ideia de “anormalidade”, ter um amigo imaginário demanda muita imaginação e inteligência por parte da criança. Quando brincam desta forma, elas exploram ao máximo suas potencialidades criativas. Eles podem servir como companhia, diversão, conforto emocional, enfrentamento do medo e barganha (levando a culpa pela bagunça da criança, por exemplo). Ajudam no desenvolvimento cognitivo, do pensamento abstrato e da criatividade, além da compreensão das relações sociais.
A brincadeira colabora essencialmente no desenvolvimento infantil, o que faz com que esse fenômeno seja tão rico nos primeiros anos de vida e auxilie a criança a lidar com as demandas da escola, da família e suas próprias necessidades.

Nova Escola

Escola de SP usa música e meditação em projeto para acalmar e incentivar alunos

A escola é parte do projeto de ensino integral do estado, e os alunos, de 10 a 17 anos, têm rotina puxada: de 7h às 16h. A maioria é de longe dali, vem do extremo zona sul da capital, e levam até três horas para chegar. São, principalmente, filhos dos funcionários do Hospital São Paulo, distante 3 km dali.
“O ensino integral tira a criança da rua, possibilita sonhar”, diz a diretora Eliane Dantas. Essa ideia, de almejar além da marginalidade que ronda os jovens da periferia, é trabalhada em disciplinas como projeto de vida, protagonismo e mundo do trabalho.

Folha de São Paulo

Escola dos EUA adiciona sensores ao método Montessori

Na Wildflower, as crianças não passam tempo diante das telas. Na verdade, eles nunca as vêem. Em vez disso, a tecnologia é incorporada ao ambiente quase de forma invisível. Câmeras gravam estudantes, com idades que variam de dois a seis anos, enquanto eles se movem pela sala, e sensores em seus chinelos verdes acompanham sua localização exata e os objetos que tocam para avaliar suas interações.
A escola segue de perto o método tradicional Montessori. Os alunos passam grande parte do dia escolhendo como ocupar seu tempo, enquanto os professores observam e às vezes fazem sugestões – ou “orientam” – para que eles tentem algo novo. Os professores muitas vezes se revezam ora interagindo com os alunos, ora recuando para observar as crianças e seu progresso.

Porvir

Gestão

Marcos Pontes diz que gestão do ensino superior permanecerá com Ministério da Educação

Após a vitória de Bolsonaro na eleição presidencial, no final de outubro, foi cogitada a possibilidade de o ensino superior ficar no guarda-chuva do Ministério da Ciência e Tecnologia, deixando a estrutura da Educação.
A ideia, contudo, foi abandonada, segundo Pontes.

G1

Reajuste de mensalidades em escolas em SP deve ficar entre 5% e 7%, diz sindicato

Índice médio é estimado por entidade, mas não há padronização para todos os colégios
O reajuste das mensalidades escolares no estado de São Paulo deve ficar entre 5% e 7% para o ano letivo de 2019. O presidente do Sieeesp (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo), Benjamin Ribeiro da Silva, afirma que o índice é somente uma estimativa, pois dependerá do padrão de cada escola.

Folha de São Paulo

Faltam 120 mil vagas na educação infantil no RS, aponta estudo do TCE

Um estudo do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul constatou que faltam mais de 120 mil vagas na educação infantil do estado, 30 mil a menos do que em 2016. A oferta de matrículas para crianças de zero a cinco anos é obrigação dos municípios. A falta de vagas é mais acentuada nos 11 maiores municípios gaúchos.

G1

Leis e políticas

Criador do Escola sem Partido quer mudar proposta na Câmara

“O substitutivo tem artigos que se contradizem, está errado, não pode ficar assim. Eu acho que essa lei não pode proibir conteúdos, nem questão de gênero, ela deve estabelecer que seja qual for o conteúdo, ele tem que ser apresentado sem dogmatismo, sem proselitismo, que são abordagens próprias da religião”, disse Nagib à reportagem.

Hoje em Dia

Educação é a bala de prata para o desenvolvimento, diz professor do MIT

A educação é “a bala de prata que todos procuravam para o desenvolvimento”, diz Ben Ross Schneider, professor de ciências políticas do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts).
Especialista em políticas educacionais, ele foi o co-autor de um relatório da Organização das Nações Unidas sobre o tema em 2016

Exame

Oito estados aprovaram seus novos currículos, tendo como referência a Base Comum Curricular

Depois do Paraná, outros sete estados aprovaram o currículo estadual para educação infantil e ensino fundamental tendo como referência a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Os documentos foram elaborados ao longo dos últimos meses em regime de colaboração entre o estado e os municípios e contou com apoio técnico do Ministério da Educação, por meio do Programa de Apoio à Implementação da Base Nacional Comum Curricular (ProBNCC).

MEC

Finanças rejeita proposta que institui jornada integral no ensino fundamental

A rejeição do texto principal, de 11 apensados e do substitutivo aprovado pela Comissão de Educação foi pedida pelo relator, deputado Izalci Lucas (PSDB-DF), pela inadequação orçamentária e financeira. Este tipo de rejeição implica no arquivamento do projeto, mas cabe recurso ao Plenário.

Câmara

CCJ aprova regulamentação da profissão de supervisor educacional

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou proposta que regulamenta a profissão do supervisor educacional em instituições públicas e privadas de ensino (PL 4106/12). O projeto estabelece que o profissional coordene as atividades de planejamento, execução, controle e avaliação do projeto político pedagógico, juntamente com os demais especialistas, direção e professores da Unidade Educativa.
Como recebeu pareceres divergentes nas comissões em que tramitou, o projeto perdeu o caráter conclusivo e será analisado agora pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

Câmara

Política eleitoral, partidária e afins

Uma questão do Enem não faz ninguém virar homossexual, diz 'mãe' da prova

"É não compreender a natureza da prova e não entender que pedir para o jovem que ele identifique as características de um dialeto como uma identidade linguística de um pequeno grupo e, sem querer, foi o grupo LGBTI, não vai fazer ninguém virar homossexual." Entretanto, ela estende o benefício da dúvida à leitura feita pelo presidente.

Uol

Estatística, pesquisas e estudos

Dados do Inep mostram que 55% das escolas brasileiras não têm biblioteca ou sala de leitura

Das 180 mil escolas brasileiras, 98 mil ou 55% não têm biblioteca escolar ou sala de leitura. Os dados são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e foram apresentados pelo coordenador-geral dos Programas do Livro do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Lauri Cericato, em audiência pública na Câmara dos Deputados.

Câmara

Opinião

Como a tecnologia pode ajudar a mitigar a falta de bons professores

Às vezes nos sentimos mais aliviados ao ver que um problema nosso não é só nosso, que outras pessoas também o têm. Este é o caso da situação gravíssima da alfabetização em nosso país, com 50% dos alunos sem saber ler e escrever aos 8 anos de idade. Não estamos sozinhos em relação aos resultados desastrosos do nosso ensino público e ao desempenho dos nossos estudantes nos anos iniciais do Fundamental. A crise de aprendizagem é mundial e atingiu níveis alarmantes: seis em cada dez estudantes do planeta – um contingente de 617 milhões de crianças e jovens – não dominam conceitos básicos de Leitura e Matemática.
Grande parte disso se deve à baixa qualificação docente.

O Estado de São Paulo

Educados por homeschooling vão dirigir a sociedade no futuro

Não muito tempo atrás, a educação doméstica era considerada uma alternativa educacional radical – coisa de um pequeno número de evangélicos devotos de Iowa e de hippies adeptos da contracultura de Mendocino, na California. Não é mais.
Hoje, aproximadamente dois milhões – ou 2,5% – das 77 milhões de crianças em idade escolar nos EUA são educadas em casa, e um número crescente delas vivem em cidades.

Gazeta do Povo

Ensino Superior

Cientistas da UFRJ fazem vaquinha para insumos e bancam itens de pesquisas com o próprio salário

Professores reclamam e apontam que, após orçamento para ciência alcançar um pico nos anos 2010, ele diminuiu em dois terços. Em 2017, despencou 44%.
"Nos laboratórios da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), os pesquisadores compram com seus próprios recursos material, ou ratos geneticamente modificados para fazerem seu estudo sobre o (vírus do) zika", explica o professor Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências.
Na UFRJ, Michelle Klautau, especialista em esponjas marinhas, recebe os jornalistas da AFP, exibindo-lhes um gráfico onde a curva do orçamento para as ciências tem a mesma forma abrupta do Pão de Açúcar.

G1

Pesquisadores do Brasil estão entre mais influentes do mundo

Doze pesquisadores brasileiros estão entre os cientistas mais influentes do mundo em suas respectivas áreas de conhecimento. A lista, produzida anualmente pela empresa de consultoria Clarivate Analytics desde 2014, considera o número de citações por artigos publicados em um período de dez anos.

Terra

Outras do dia

Professor faz da arte um estímulo para seus alunos e recebe convite para expor no Louvre, em Paris

Despertar o interesse de jovens estudantes para a arte, o senso crítico e a criatividade é a missão de Octávio Rold, artista plástico e professor de uma escola pública do Distrito Federal. O trabalho paralelo acabou levando o docente a expor suas aquarelas em um dos mais importantes museus do mundo, o Louvre, em Paris.

MEC

Na França, alunos de classes baixas têm dificuldade em superar diferenças sociais no ensino superior

Os dados do Observatório das Desigualdades mostram que os jovens de classe alta são 40% menos numerosos que os de classe baixa, mas três vezes mais presentes nas universidades. Quanto mais elevados os diplomas (mestrado, doutorado, “grandes escolas” de engenharia), a diferença é ainda maior: a taxa de estudantes ricos é oito vezes mais significativa.

G1

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Notícias de Educação - 06/dez/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Alvo de Bolsonaro, educação sexual mira de doenças a gravidez precoce

Na mira após ataques do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), a educação sexual tem no Brasil diferentes formatos de acordo com a escola —de horários exclusivos na grade a tratamento interdisciplinar. Em regra, porém, as instituições abordam temas similares: puberdade, doenças sexualmente transmissíveis, gravidez, violência e privacidade em tempos de nudes e pornografia na internet.

Folha de São Paulo

Parceria entre IBM e Centro Paula Souza combina currículo técnico com experiências práticas

O avanço da tecnologia digital demanda, cada vez mais, que profissionais sejam formados em um ambiente de integração entre teoria e prática. Alinhados com essa tendência, nesta quarta-feira (5) a IBM e o Centro Paulo Souza anunciaram o lançamento do modelo educacional P-TECH, um programa que combina treinamento em sala de aula, mentoria do setor privado e experiências no local de trabalho para estimular o desenvolvimento de competências em ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Porvir

E quando os discursos violentos chegam às escolas?

A melhor estratégia para contornar os casos é as escolas se dedicarem à formação e ao desenvolvimento do pensamento crítico dos alunos. “É o que falta para o brasileiro, aprender a pensar, raciocinar e formar suas opiniões com crivo crítico e lógico”, considera.
A conduta, reitera, em nada tem a ver com ideologias ou partidarismo, seja de direita ou de esquerda.

Carta Educação

Inclusão

Após 10 anos da criação de cotas, quase metade dos estudantes da UFMG é de pretos ou pardos

Em 10 anos, o percentual de estudantes que se autodeclaram pretos ou pardos dobrou na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Se em 2008, cerca de 26% dos estudantes eram pretos e pardos, hoje, quase a metade dos alunos (49,3%) está nesta categoria.

Hoje em Dia

Leis e políticas

Comissão da Escola Sem Partido faz 11ª reunião sem votação do parecer

A comissão especial da Câmara dos Deputados que discute o projeto conhecido como Escola Sem Partido teve a sessão suspensa nesta quarta-feira (5), sem a votação do parecer do relator. Foi a 11ª reunião para votar o parecer que impõe regras aos professores sobre o que pode ser ensinado em sala de aula.

G1

Escola Sem Partido tenta destruir a dimensão educacional da escola, afirma educador

Câmara

Estatística, pesquisas e estudos

Brasil é o país que menos valoriza professores, diz estudo; China lidera

Um estudo conduzido em 35 países para avaliar o status dos professores na sociedade mostrou que o Brasil é o que menos os valoriza, enquanto a China lidera no reconhecimento aos educadores.
Intitulada Global Teacher Status Index 2018 (ou índice global de status do professor, em tradução livre), a pesquisa foi realizada pela Varkey Foundation, ONG fundada pelo indiano Sunny Varkey em 2010, com o objetivo de melhorar os padrões de educação para crianças carentes.

O Globo

34% dos cargos de professor da rede estadual em SP estão vagos

O deficit de professores nas escolas da rede estadual de São Paulo é de 80 mil profissionais. Esse número representa 34% do quadro de docentes paulistas. É o que aponta o balanço mais atualizado da Secretaria de Estado de Educação, divulgado pelo “Diário Oficial do Estado” em abril. De acordo com o levantamento, o quadro completo é formado por 248.233 profissionais, mas apenas dois terços dos cargos estão preenchidos.
O deficit foi calculado pelo Fiquem Sabendo a partir da soma do total de professores efetivos, ou seja, aprovados em concurso, e de docentes temporários.

Fiquem Sabendo

Estudante de escola paga tem o dobro da chance de entrar na faculdade, aponta estudo do IBGE

Segundo a pesquisa, 79,2% dos estudantes que completam o ensino médio na rede privada ingressam no ensino superior. Na rede pública, esse percentual cai drasticamente — para 35,9%.
Essa diferença não é explicada apenas pela qualidade de ensino das redes pública e privada. Segundo o IBGE, o perfil socioeconômico também exerce influência, uma vez que o rendimento das famílias limita ainda mais o acesso de quem estudou na escola pública.

G1

Frequência em escola ou creche no Brasil está abaixo da média de países da OCDE, diz IBGE

Além do Brasil, apenas 4 de 35 países têm ensino obrigatório na faixa etária de 4 anos. País ocupa 27ª posição no ranking de frequência.
Apesar da proporção de crianças de 0 a 5 anos que estavam frequentando escola ou creche ter subido de 50,7% para 52,9% de 2016 para 2017, o Brasil ainda se encontra abaixo da média dos países da Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo a Síntese de Indicadores Sociais divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (5).

G1

Avaliação

MPF quer que estudantes possam recorrer das notas do Enem

O Ministério Público Federal (MPF) quer que os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) possam recorrer das notas recebidas no exame, o que atualmente não está previsto no edital. O órgão moveu ação civil pública para que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, estipule um prazo para que os estudantes possam recorrer ainda na edição de 2018.

Uol

EAD

Harvard tem 114 cursos online grátis em 11 áreas diferentes

A Universidade de Harvard oferece cursos online grátis para usuários de todo o mundo em sua plataforma chamada Harvard Online Courses. Hoje, são 114 cursos disponíveis em 11 áreas diferentes. 
Não há restrição acadêmica, mas os cursos exigem níveis diferentes de inglês que variam entre básico, intermediário e avançado. Além disso, se o aluno optar por tirar o certificado no fim do curso é necessário pagar uma taxa, que chega a US$ 99. Mas o conteúdo não se altera independentemente do pagamento do documento ou não.

Gazeta do Povo

Opinião

Educação pública, estatal, laica e gratuita: sim!

Neste momento, o liberalismo e os projetos privatistas ligados à educação voltam com toda a força. Para legitimá-los, velhos mitos são repetidos. Assim, é necessário explicitar alguns fatos para que as consequências de decisões que venham a ser tomadas sejam adequadamente avaliadas. Vamos resumir alguns deles.

Folha de São Paulo

Ensino Superior

Capes lança campanha de alerta sobre oferta irregular de cursos

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao MEC, acaba de lançar uma campanha de alerta sobre a oferta irregular de cursos de mestrado e doutorado. Direcionada aos estudantes que pretendem se graduar nessas especializações, a iniciativa esclarece que programas de pós-graduação stricto sensu que não cumprirem a legislação em vigor e não forem aprovados por meio da Avaliação de Propostas de Cursos Novos (APCN), não possuem autorização para iniciar suas atividades.

MEC

Eventos

Futuro ministro da Educação de Bolsonaro se reúne com atual ministro em Brasília

O ministro da Educação, Rossieli Soares, se reuniu hoje com Ricardo Vélez-Rodríguez, indicado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro como o futuro chefe da pasta, a partir de 2019. A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira (5), pelo Ministério da Educação.

G1

Outras do dia

Cientistas criam revista de pesquisas anônimas sobre temas polêmicos

Apesar de três dos nomes divulgados do conselho editorial da revista serem defensores de ideias “progressistas”, como o aborto, responsáveis pela iniciativa dizem que divulgarão estudos que podem incomodar tanto a direita quanto a esquerda
Com medo de fazer pesquisas sobre assuntos em que reina o ativismo com força judicial, um grupo de 40 acadêmicos decidiu criar uma revista científica que permitirá a publicação de estudos anônimos, sobre temas delicados, assinados por pseudônimos.

Gazeta do Povo

Censura, espionagem e delações nas universidades chinesas

Uma reportagem do jornal "Libération" desta quarta-feira (5) traz um retrato do ensino universitário na China, onde câmeras de vigilância, censura acirrada, espionagem, delações e punições são a norma. Essa política de controle intelectual envenena até as relações internacionais.

G1

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Noticias de Educação - 05/dez/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Modelo importado dos EUA propõe ensino de tecnologia na educação básica

Sob a sigla Stem (acrônimo em inglês para ciências, tecnologia, engenharia e matemática), um movimento educacional que nasceu nos Estados Unidos ganha força no Brasil, com a proposta de reformular os currículos e dar mais ênfase para essas disciplinas no ensino básico.
Embora não haja um modelo pedagógico único, os programas de ensino com base no Stem costumam ter abordagens interdisciplinares, fazer uma conexão dos conteúdos com a realidade dos alunos e oferecer atividades práticas —usa-se com frequência o termo em inglês “hands on” (mão na massa).

Folha de São Paulo

Professora aposta na sala de aula invertida para estimular autonomia dos alunos

Em projeto desenvolvido em escola municipal de Guararema (SP), educadora conta como trabalha com grupos de estudo e roteiros individuais para personalizar as aulas

Porvir

 

Gestão

Secretário de Covas diz que condições para currículo serão melhores em 2019

Professores reclamaram que faltou formação e houve atraso de materiais em 2018
O secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, afirmou nesta terça (4) que as escolas da prefeitura estarão mais bem preparadas em 2019 para desenvolver o novo currículo da rede, iniciado neste ano.

Folha de São Paulo

Leis e políticas

Novo currículo do ensino médio é aprovado e aguarda homologação de ministério

Mesmo considerada ainda limitada, a versão final da Base Nacional Comum Curricular do ensino médio foi aprovada nesta terça-feira (4) pelo CNE (Conselho Nacional de Educação). O Ministério da Educação precisa homologar o texto, que nem foi divulgado.
A homologação deve ocorrer dia 14. O prazo de implementação da base será de dois anos. Isso depende também das redes estaduais e escolas privadas.

Folha de São Paulo

Conselho Nacional de Educação aprova etapa do ensino médio e BNCC está pronta para conclusão

MEC

Conselho aprova a base curricular para o ensino médio; entenda as mudanças

iG

Implementação com qualidade e equidade será maior desafio da base curricular do ensino médio

'A BNCC indica que, para além de aprender apenas conteúdos, é preciso desenvolver competências e habilidades de forma integrada'
Após a homologação pelo MEC, o grande desafio será garantir uma implementação de qualidade e com equidade, para que as propostas da BNCC de fato virem realidade. Neste contexto, considerando o novo modelo do Ensino Médio - que prevê que os currículos tenham, além de uma parte comum e obrigatória (referenciada na BNCC), também uma parte flexível (os itinerários formativos) -, o apoio do MEC será fundamental. Redes e escolas precisarão de recursos técnicos, financeiros e orientações claras para a construção dos currículos e formação de professores. Além disso, será preciso adequar os materiais didáticos e o Enem.

O Estado de São Paulo

Reunião da comissão do Escola Sem Partido é suspensa após bate-boca

Após desentendimentos entre parlamentares, a reunião da comissão especial sobre o projeto de lei Escola sem Partido foi suspensa na Câmara nesta terça-feira, 4, sem a análise do texto. O presidente da comissão, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), suspendeu a sessão após vários deputados se reunirem ao redor da mesa da presidência na tentativa de atrasar a votação.

O Estado de São Paulo

Opositores da Escola sem Partido traçam estratégia para barrar projeto

Correio Braziliense

Escola sem Partido é assombração errada, diz Barroso, do STF

Folha de São Paulo

Procuradoria Federal vai criar canal para receber denúncias de assédio contra professores de universidades

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, anunciou a criação de um canal para receber denúncias de assédio contra professores, pesquisadores e estudantes de ensino superior durante atividades acadêmicas.
"O objetivo da iniciativa é proteger e dar garantias à liberdade docente, à liberdade de aprender, ensinar, pesquisar, expressar e divulgar o pensamento – seja em artigos, pareceres, relatórios, laudos, aulas e demais atividades acadêmicas"

G1

Abono salarial a profissionais da educação com recursos do Fundeb é aprovado pela CAE

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (4) o Projeto de Lei do Senado (PLS) 387/2018 que estende o abono proveniente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) a todos os profissionais da educação, inclusive aos que não compõem as carreiras do magistério.

Senado

O que acontece quando estudantes ‘se tornam’ senadores

Se fossem senadores, 27 estudantes do ensino médio, com idades de no máximo 19 anos, levariam adiante propostas que tratam de temas sobre os quais os atuais parlamentares estão longe de um consenso.
Esses 27 alunos participaram da edição 2018 do projeto Jovem Senador, que desde 2011 convida um estudante da rede pública de cada unidade da federação para ficar uma semana no Senado.

Nexo

Estatística, pesquisas e estudos

Inep publica Escalas de Proficiência do Enem de 1998 a 2008

Dentro das comemorações pelos 20 anos de criação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou uma interpretação inédita das Escalas de Proficiência do Enem 1998 - 2008, assinada pelo mesmo grupo que elaborou a Escala, em 1998. As dez primeiras provas do Enem, que usavam como parâmetro a Teoria Clássica dos Testes (TCT) foram submetidas às análises da Teoria de Resposta ao Item (TRI), adotada desde 2009.

Inep

Opinião

O professor do seu filho é profissional ou missionário?

Pelo bem de educadores e alunos, os puxadinhos na educação precisam acabar
A menor distância entre dois pontos é uma reta. Lembra dessa aula? É um conceito simples, intuitivo e quase nunca usado no lugar em que ele é ensinado, a escola. “Como assim?”, você me pergunta. É fácil de explicar. Muitas vezes, a menor distância entre dois problemas em educação não é uma reta, mas uma curva que desvia da questão verdadeira e acaba criando uma encrenca ainda maior no futuro.

Folha de São Paulo

Eventos

Entidades promovem ato em defesa da educação pública

As entidades sindicais e estudantis nacionais da educação – ANDES-SN, Fasubra, SINASEFE, UNE, UES, Fenet e ANPG realizarão, nesta quarta-feira (5), evento na Câmara de Deputados para marcar o Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública. As atividades foram convocadas em parceria com a Liderança do PSol e vão ocorrer no auditório Freitas Nobre, no Anexo IV da Câmara.

Correio Braziliense

Outras do dia

Polêmica na Noruega pela exclusão do Holocausto do currículo escolar

Renovar o currículo escolar na Noruega se transformou em objeto de polêmica. Semana passada, o jornal de esquerda Klassekampen informou sobre a exclusão do Holocausto e da Segunda Guerra Mundial do projeto elaborado pelo Governo conservador de Erna Solberg para reformar a educação dos ensinos fundamental e médio.

El País

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Notícias de Educação - 04/dez/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Esta escola paulista aboliu as apostilas e a divisão por séries

Na cidade de Pompeia, a 467 km de São Paulo, a escola Senai Shunji Nishimura tem testado um modelo de ensino baseado em experiências do Canadá e de Portugal. Não há apostilas nem divisão por séries ao longo dos três anos do ensino médio.

Nexo

Como as EdTechs estão revolucionando a educação em 4 pontos

As EdTechs, abreviação de “educational technologies”, ou tecnologias educacionais em português, conta atualmente com uma presença que vai além dos computadores pessoais e de ofertas de MOOCs por parte de universidades. Na realidade, este novo setor – que, de acordo com o fórum EdTechXGlobal e a empresa de investimentos Ibis Capital valerá mais de US$ 250 bilhões a nível global até o ano de 2020 – está proporcionando uma verdadeira revolução na educação tradicional, tanto no modo como aprendemos quanto como ensinamos. Os avanços tecnológicos estão permitindo cada vez mais que dispositivos como laptops, tablets e smartphones sejam aceitos como ferramentas aliadas à aprendizagem, ao contrário da visão que essas tecnologias ofereciam distrações ao longo dos últimos anos.

Administradores

Como o Reino Unido pretende ensinar computação a todas as crianças

O Reino Unido está empenhado em incorporar de vez o ensino de programação ao currículo escolar, dando às crianças a chance de aprender a linguagem desde cedo. O governo britânico pretende investir alto na capacitação de professores para atingir a meta de educar todas as crianças do país na linguagem digital.

Exame

Gestão

Ano escolar paulistano testa currículo elogiado, mas trava com rodízio de professores

A partir do ano que vem, todas as escolas públicas e particulares de ensino fundamental do Brasil terão de começar a alinhar seus currículos, impõe regra federal.
Uma amostra de como será esse processo pode ser visto nos colégios da prefeitura paulistana, que iniciou a mudança já no início deste 2018. A reportagem acompanhou essa implementação por meio de visitas às escolas e dezenas de entrevistas, que expuseram problemas estruturais como instabilidade no corpo docente e falta de capacitação.

Folha de São Paulo

Preço da mensalidade em berçários e maternais varia até 717% em BH, revela pesquisa

Os preços das mensalidades de berçários e maternais em Belo Horizonte têm diferença de até 717%. Foi o que revelou a pesquisa divulgada nesta segunda-feira (3), pelo site Mercado Mineiro. Conforme o estudo, a maior diferença está no ensino maternal, em que os valores variam de R$ 220 a R$ 1.799 no período da tarde.

Hoje em Dia

Leis e políticas

O PT seguiu a política de educação de FHC. Ministro de Bolsonaro tem tudo para ser a ruptura

O ministério da Educação é um transatlântico, e transatlânticos não mudam de rumo facilmente. Muitas vezes, um governo simplesmente não consegue emplacar as mudanças que prometeu para o setor. Em outras situações, acaba mudando de opinião na medida em que assume o poder e começa a entender suas engrenagens da máquina que assumiu. Ainda assim, uma mudança de governo tão expressiva, de Dilma Rousseff, eleita em 2014, para Jair Bolsonaro, o presidente eleito em 2018, pode representar grandes mudanças para o setor nos próximos anos, principalmente porque o escolhido pelo futuro presidente para ocupar a pasta, Ricardo Vélez Rodríguez, é um técnico preocupado com a moral, crítico do marxismo e com proximidade à iniciativa privada.

Gazeta do Povo

Futuro ministro da Educação começa transição, mas diz que só revelará planos ao assumir

O futuro ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, iniciou nesta segunda-feira os trabalhos de transição em Brasília. O primeiro encontro foi na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
O futuro ministro do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, chegou acompanhado de uma equipe grande, mas não fez muitas perguntas, segundo pessoas que estavam na reunião. A impressão entre alguns dos presentes é que Veléz e seus assessores ainda estão em uma fase inicial de conhecimento da estrutura do MEC e das entidades vinculadas a ele.

O Globo

Estatística, pesquisas e estudos

23% dos jovens brasileiros não trabalham nem estudam

Entre as causas para esta realidade estão problemas com habilidades cognitivas e socioemocionais, falta de políticas públicas, obrigações familiares com parentes e filhos, entre outras
Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que 23% dos jovens brasileiros não trabalham e nem estudam (jovens nem-nem), na maioria mulheres e de baixa renda, um dos maiores percentuais de jovens nessa situação entre nove países da América Latina e Caribe. Enquanto isso, 49% se dedicam exclusivamente ao estudo ou capacitação, 13% só trabalham e 15% trabalham e estudam ao mesmo tempo.

O Povo

Brasil tem oportunidade de investir na juventude

O Povo

Políticas públicas são fundamentais para transição

O Povo

EAD

Jovens do Mercosul usam educação à distância contra o desemprego

Durante o 1º Encontro de Jovens do Mercosul, uma iniciativa que reúne empresas, governos e jovens do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai para discutir o mercado de trabalho, jovens dos quatro países apresentaram propostas sobre como melhorar essa questão complexa.
O ponto central de grande parte dos projetos que foram apresentados é a tecnologia da informação, usando plataformas que foram criadas pelos próprios jovens.

R7

Opinião

O Escola sem Partido e a doutrinação no ensino

A ideologização e doutrinação no ensino ganharam tanta dimensão que não há mais como negá-las. Os registros de casos ocorridos em sala de aula, textos publicados em livros didáticos, questões enviesadas em provas de escola, vestibulares e até no Enem são abundantes. Teóricos marxistas como Antonio Gramsci identificaram a educação como um dos campos de batalha para se fazer a revolução socialista sem o uso de armas, e no Brasil a estratégia foi conduzida com muito sucesso. Não há a menor dúvida de que algo precisa ser feito.

Gazeta do Povo

Educação à distância: é preciso ir além da tecnologia

Umas das propostas do governo de Jair Bolsonaro é a educação à distância (EAD) desde o ensino fundamental até a universidade. A ideia inovadora é salutar, mas requer uma análise a partir de diferentes perspectivas para saber se é realmente viável. Questões como viabilidade técnica, tecnológica e econômica podem ser dificultadores do projeto. Além disso, há quem defenda o papel da escola, dos pontos constitucionais relacionadas ao direito de acesso, justiça social e equidade.

O Estado de São Paulo

Ensino Superior

Cursos de medicina têm até dia 31 para adequar estágio ao Mais Médicos

Os cursos de medicina no Brasil ainda não se adequaram às novas regras propostas pelo Programa Mais Médicos. O objetivo delas é formar profissionais mais preparados para a atenção básica em saúde, área afetada com a crise da saída dos médicos cubanos do Brasil. As mudanças curriculares foram aprovadas há quatro anos e precisam ser aplicadas em 332 cursos em atividade até 31 de dezembro deste ano.

G1

Mais Médicos triplica as vagas de residência em medicina de família, mas dois terços delas estão ociosas

G1

Mais de 2,8 mil vagas na UFSCar (SP) serão preenchidas pelo SiSU 2019/1

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em São Paulo, assinou o Termo de Adesão ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2019/1, por meio do qual deve oferecer 2.893 vagas em cursos de graduação. Em novembro, o MEC divulgou as regras e prazos para a primeira edição do SiSU em 2019.

Brasil Escola

Eventos

Comissão de Fiscalização vai debater situação de 860 obras paradas em escolas e creches

Dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) apontam para a existência de cerca de 860 obras paralisadas em creches, escolas e quadras poliesportivas em todo os Brasil.
Para debater o assunto, na quarta-feira (5), a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados convidou as organizações Transparência Brasil e Observatório Social do Brasil. Juntas, elas desenvolvem o projeto “Obra Transparente”

Câmara

13º Prêmio Santander Jovem Jornalista

Aluno da UFRJ vence Prêmio Santander Jovem Jornalista

O Estado de São Paulo

Games baianos 'guiados' por adolescente sertaneja e garoto cego são retratos da inclusão

O Estado de São Paulo

Projeto carioca ganha prêmio ao garantir renda a refugiadas por meio da costura

O Estado de São Paulo

Unifavela: de uma laje carioca à universidade pública

O Estado de São Paulo

Alunos transgêneros superam discriminação e entram na universidade com curso gratuito

O Estado de São Paulo

ONG da Grande São Paulo trabalha na ressocialização de jovens egressos da Fundação Casa

O Estado de São Paulo

ONG OLÁ promove em Curitiba a autonomia de pessoas com deficiência intelectual

O Estado de São Paulo

Dois projetos de escolas cearenses são premiados por potencial social

Onze melhores projetos desenvolvidos por jovens de todo o Brasil serão premiados hoje, em Fortaleza, pelo Desafio Criativos da Escola, que apoia o protagonismo de quem está transformando escolas, municípios e comunidades. O prêmio é promovido pelo Instituto Alana, uma organização sem fins lucrativos. Foram 1.654 projetos inscritos, de 480 cidades brasileiras.

O Povo

Policiais e jurídicas

Professor da USP pede investigação de colega que também leciona no Pará

O professor da USP José Maurício Conti enviou ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público Federal denúncias contra o seu colega Fernando Facury Scaff. Ele alega irregularidades no fato de Scaff também dar aulas na Universidade Federal do Pará.
Conti afirma que Scaff não cumpre a carga horária exigida no Pará, mesmo recebendo o salário. E sugere conivência das universidades.

Folha de São Paulo

Após um mês, professora afastada por publicar fotos de alunos em aula de educação sexual volta ao trabalho

A professora Grasiela Passarin foi afastada após publicar em seu perfil nas redes sociais fotos de crianças em aula de educação sexual
Segundo a Secretaria Municipal de Educação, por enquanto ela atuará como professora auxiliar na mesma escola.
Nas imagens, crianças de 9 e 10 anos aparecem manuseando preservativos e objetos que imitam órgãos genitais masculino e feminino durante uma aula sobre prevenção a Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e métodos contraceptivos.

G1

Outras do dia

Salvar para ver depois: 8 apps para facilitar sua vida dentro ou fora da escola

Sabe aquela manchete que apareceu na sua rede social enquanto você estava fora de casa? Ou aquela matéria do Porvir que você não conseguiu ler a caminho da escola? Existe uma maneira simples de guardar todas essas informações, além de vídeos, áudios e anotações para acessar mais tarde.
Confira uma lista com oito aplicativos que funcionam tanto em computadores com sistemas MacOS e Windows ou Android e iOS

Porvir

Mãe diz que professora 'destruiu espírito' de natal depois de contar para crianças que Papai Noel não existe

Lisa Simek desabafou em seu Facebook dizendo que está "fazendo controle de danos" desde que uma professora da filha, de 6 anos, contou à menina que Papai Noel não existe. A mãe afirmou que, ao revelar a verdade, a professora tentou "destruir o espírito" da filha e de outras 22 crianças da sala de aula em um colégio de Montville, na Austrália.

G1

Material escolar deve registrar aumento de 9% em 2019

Os pais que ainda não fizeram orçamento da lista de material escolar devem preparar o bolso. E o coração. A previsão é a de que o reajuste dos itens utilizados pelos alunos seja de 9% na comparação com o ano passado. O índice, estimado pela Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares e de Escritório (ABFIAE), assusta e pode ser ainda maior.

Hoje em Dia

Compra antecipada de material escolar pode levar a economia; veja dicas

Correio Braziliense

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Notícias de Educação - 03/dez/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Tecnologia em sala de aula

A tecnologia pode ser um instrumento potente no processo de ensino e aprendizagem. Quando aplicada numa proposta pedagógica, numa perspectiva ética e crítica, favorece o desenvolvimento de diferentes habilidades, estimula o trabalho colaborativo, o raciocínio lógico e a criatividade. Mas para tanto, é preciso preparar professores e equipar escolas.

O Povo

O futuro não pode mais esperar!

O Povo

Produzir conhecimento na prática

O Povo

Desmistificar e construir conceitos

O Povo

Como a tecnologia pode chegar à escola?

O Povo

Protótipos acadêmicos podem baratear recursos

O Povo

Como a tecnologia está mudando a sala de aula e o aprendizado

Com a tecnologia presente em quase todos os aspectos da vida, é praticamente um caminho sem volta: ou a escola se adapta a esta nova realidade ou ficará para trás
Por muito tempo, a sala de aula consistia em um professor que tentava ensinar uma grande quantidade de alunos por meio de seu conhecimento e com a ajuda de livros didáticos. Esse foi o único modelo ao longo do século 20, mas conforme a tecnologia avançava em outras áreas e transformava a forma como as pessoas viviam, as escolas continuaram paradas no tempo. Isso contribuiu para que o nível de aprendizado nas instituições de ensino ficasse aquém do esperado. Contudo, o setor já começa a se abrir para a adoção de novos recursos e métodos para estimular o conhecimento de uma nova geração de alunos.

Gazeta do Povo

Profissionais da Educação

Educação Infantil: os desafios até chegar na sala de aula

Falta de exercícios práticos durante a formação inicial é a principal queixa relatada pelos profissionais de Educação
A criança durante a Educação Infantil tem contato pela primeira vez com milhares de sentidos e sensações. Cada exercício ou brincadeira pode se transformar em uma experiência guiada pelos professores. Mas como esses profissionais aprendem? E quais os desafios de levar as lições e diretrizes da BNCC para a sala de aula? Pensando nisso, a NOVA ESCOLA entrevistou especialistas, professores e diretores pedagógicos que têm contato com esse período para contar mais sobre os desafios de quem leciona nessa etapa.

Nova Escola

Inclusão

Unicamp faz história com o primeiro vestibular da universidade para indígenas

Com o objetivo de aproximar as formas de ingresso no ensino superior de estudantes com características regionais e culturais, a Unicamp aplicou neste domingo (2) o primeiro vestibular indígena da história da instituição.
As mais de 70 vagas de 34 cursos diferentes da Unicamp serão disputadas por 610 inscritos.

iG

Leis e políticas

O risco de doutrinação sempre existiu

As deficiências, os atrasos e as limitações do nosso sistema educacional são as obsessões profissionais de Cláudia Costin, atual diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ex-ministra do governo de Fernando Henrique Cardoso, ex-dirigente de ONG e ex-diretora global de Educação do Banco Mundial que lecionou no mestrado da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, ela percorre o mundo conhecendo soluções para melhorar o desempenho escolar de crianças e jovens brasileiros. Para Costin, é preciso melhorar a formação dos professores, garantir oportunidades iguais para os estudantes e preparar as escolas para o século XXI, em vez de ficar se preocupando com temas já deixados para trás por outro países, como o debate sobre cotas, sobre educação sexual e sobre os métodos do educador Paulo Freire. Sobre a briga ideológica pelos corações e mentes dos alunos, ela é categórica: “É mais efetivo ensinar a pensar”.

IstoÉ

Propostas da equipe de Bolsonaro para a educação: saiba o que pode e o que não pode ser feito pelo governo

O governo de Jair Bolsonaro pretende fazer grandes alterações na educação brasileira, sobretudo com mudanças nos conteúdos ensinados em sala de aula e em universidades. A partir de declarações de membros do futuro governo e do plano registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), GaúchaZH ouviu quatro especialistas na área de políticas educacionais para entender quais propostas podem, de fato, ser aplicadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Zero Hora

Projeto do Escola sem Partido pode ser votado na terça

A comissão especial que analisa o projeto do Escola sem Partido (PL 7180/14) volta a se reunir na terça-feira (4) para votar o novo relatório do deputado Flavinho (PSC-SP) à proposta, lido no último dia 22.
A comissão reúne-se no plenário 3 a partir das 14 horas.

Câmara

Educação financeira integrará de vez a base curricular a partir de 2020

A falta dela traz consequências negativas na vida de ricos e pobres, velhos e jovens, homens e mulheres. Sem educação financeira, os objetivos de vida vão ficando cada vez mais distantes. Em uma tentativa de modificar essa realidade brasileira, após anos de discussão, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Fundamental terá o assunto como tema obrigatório a partir de 2020.

Jornal de Brasília

Política eleitoral, partidária e afins

Deputada mais votada do Brasil dispara: "O que acontece na universidade é emburrecimento em massa”

Em entrevista, Janaina Paschoal concorda que há doutrinação ideológica no ambiente de estudo
Para a advogada, é tolo dizer que Moro agiu com interesses políticos ao condenar Lula à prisão, em 2017, ou ao levantar o sigilo sobre a delação do ex-ministro petista Antonio Palocci, a dias do pleito. 
E quem levava fé em Bolsonaro? "Vamos falar a verdade, a maioria dos analistas sequer acreditava na vitória dele.

Gazeta do Povo

EAD

Saraiva Educação lança plataforma de cursos online para estudantes de Direito

A Saraiva Educação anunciou o lançamento de uma plataforma online voltada para estudantes de Direito, a Campus Lab. Com mais de 100 horas de aulas online, mapas mentais animados, exercícios, textos de apoio e mais de 90 livros digitais, a plataforma tem como principal objetivo a democratização do ensino do Direito no Brasil.

IDG Now

Startup de educação online, Udacity deve encerrar operação brasileira

Conhecida como a Universidade do Vale do Silício, a Udacity, plataforma americana de cursos online com mais de 10 milhões de alunos no mundo, entre cursos livres e pagos, deve fechar as portas no Brasil. Até agora foram demitidos 36 dos 70 funcionários da empresa no país. Os demais continuam para dar suporte aos alunos que estão ainda fazendo os cursos ou que se matricularem até dezembro (a partir de janeiro não abrirá mais inscrições para cursos em português).

Exame

Opinião

Professor, profissão de risco

Há alguns anos, tem-se percebido uma maior procura por atendimento psiquiátrico por professores do ensino médio de escolas públicas. Depressão, ansiedade e transtorno de estresse pós-traumático têm sido os principais diagnósticos e, não raras vezes, muitos acabam necessitando ser afastados do trabalho por longos períodos.

O Povo

Maturidade cerebral e a maioridade penal

Investir na promoção de ambientes saudáveis, culturalmente ricos e livres de violência e negligência pode trazer benefícios mais consistentes e duradouros na redução de criminalidade
A redução da criminalidade é desejo de toda a sociedade. Inúmeras medidas têm sido sugeridas com esse objetivo, incluindo a redução da maioridade penal. É fundamental que a discussão dessa medida – indubitavelmente complexa em diversos aspectos – seja norteada por resultados de pesquisas em diferentes áreas do conhecimento, incluindo a perspectiva das neurociências.

Carta Educação

Escola sem partido, escola com partido

O que de fato se deve discutir é a doutrinação e como evitá-la. Precisamos entender que os dois lados da discussão estão imbuídos de ideologia. Sem dúvida existe um abuso doutrinário nas escolas e universidades, mas não se pode superar e reordenar as funções escolares adotando as práticas que condenamos no "outro lado". É necessário humildade para entender que um mesmo fato pode ser visto de diferentes formas.

O Povo

Ensino Superior

Estudar está deixando os universitários doentes

Pesquisa realizada no Reino Unido indica que 6% dos estudantes dizem ter pensado em suicídio
O primeiro ano do ensino superior pode causar uma dupla pressão nos estudantes: muitos deixam a casa da família pela primeira vez e enfrentam exigências acadêmicas reais. Aprender a administrar a mudança pode ajudar a evitar males maiores.

El País

Desempenho pífio do Fies frusta estudantes da graduação

O pior desempenho na série histórica do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) significa também o sonho frustrado de milhares de brasileiros de fazer uma graduação. O impacto no número de alunos que deixaram as salas de aulas do ensino superior por não ter conseguido acesso ao programa ainda é desconhecido, mas o desempenho pífio do chamado Fies privado (P-Fies) evidencia que a solução para garantir o acesso da população à educação não passa pela transferência da responsabilidade constitucional do governo para agentes financeiros privados.

Estado de Minas

Brasil criou 13.624 vagas em cursos de medicina desde 2013; 20% delas seguem os critérios do Mais Médicos

Publicada no Diário Oficial da União em julho 2013, a medida provisória que criou o Programa Mais Médicos não se ateve apenas à contratação de médicos formados fora do Brasil, na condição de bolsistas, para suprir em caráter emergencial a demanda de profissionais da saúde no país. Ela também definiu ações do governo federal para reduzir essa carência permanentemente, incluindo a expansão das vagas na graduação em medicina e na residência em medicina da família e comunidade, e a reforma do curso de graduação para incluir um estágio obrigatório dos estudantes na saúde pública.

G1

Eventos

Conferência FabLearn abre chamada para trabalhos de educação mão na massa

A Conferência FabLearn 2019 está com chamada aberta para o envio de trabalhos, propostas de oficinas e projetos de educação mão na massa para serem apresentados nos dias 9 e 10 de março, na Universidade de Columbia, em Nova York (EUA). As submissões podem ser feitas até o dia 15 de dezembro de 2018, às 23:59 (horário de Nova York).
Neste ano, o tema da conferência tem como tema o papel da educação mão na massa em um mundo com crescentes desafios sociais e ambientais.

Porvir

Comissão de Educação debaterá crescimento do ensino a distância

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado aprovou na terça-feira (27), em votação simbólica, requerimento para realização de audiência pública sobre a proliferação dos polos de ensino a distância (EaD). A data da audiência ainda será definida.

Senado

Comissão de Educação realiza audiência para debater corte de bolsas na pós-graduação

Audiência pública da Comissão de Educação (CE) vai debater nesta terça-feira (4) o corte de recursos para o Ministério da Educação, com redução das bolsas de pós-graduação e suspensão de programas de educação básica, de universidade aberta e de cooperação internacional.

Câmara

Outras do dia

Por medo de espionagem, EUA estudam limitar vistos de alunos chineses

O governo dos EUA pretende checar com mais rigor o histórico de estudantes chineses que vivem no país em razão da preocupação com espionagem e roubo de propriedade intelectual. Segundo assessores do presidente Donald Trump, outras restrições também estão sendo analisadas, como investigação de perfis em redes sociais.

Gazeta do Povo

Crianças 'matam' aula para protestar pelo clima na Austrália

Cerca de 15 mil estudantes deixaram as salas de aula nesta sexta-feira (30) na Austrália para se manifestar e cobrar ações contra as mudanças climáticas, de acordo com a CNN.
As manifestações acontecem em ao menos 30 cidades do país, entre elas Melbourne, Brisbane e Perth.

G1

Funcionários de universidades francesas protestam contra aumento de matrícula para estrangeiros

O aumento do preço da matrícula nas universidades públicas na França já provocou muitas reações. Os alunos, os mais interessados nessa questão, já começaram a se mobilizar. Agora foi a vez das próprias instituições se posicionarem sobre o assunto: vários reitores e conselhos de administração expressaram descontentamento com os novos valores.

G1

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Notícias de Educação - 30/nov/2018

Clipping Focando Educação

Gestão

MEC lança programa para melhorar indicadores do fundamental 2

As mudanças de comportamento, transformações físicas, psicológicas e sociais que acontecem ao longo da adolescência podem ser ricas oportunidades para o desenvolvimento dos estudantes. Para conectar a escola a esse universo e garantir a aprendizagem de estudantes dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano), o MEC (Ministério da Educação) lançou na última terça-feira (27) o Programa Escola do Adolescente, que pretende oferecer formação e apoio técnico a professores e gestores de escolas públicas.

Porvir

Inclusão

Por que a Fundação Casa pôs em sigilo seus planos pedagógicos

Documentos sobre diretrizes do sistema socioeducativo paulista só podem ser divulgados 15 anos depois de sua elaboração. Especialistas ouvidos pelo ‘Nexo’ afirmam que a medida descumpre Lei de Acesso à Informação.
A razão apresentada para a medida, segundo a instituição, está em um trecho do decreto 58.052, que regulamenta a Lei de Acesso à Informação em São Paulo. O texto autoriza a aplicação de sigilo para documentos que possam “pôr em risco a segurança de instituições ou de altas autoridades nacionais ou estrangeiras e seus familiares”.

Nexo

Leis e políticas

Seguridade Social aprova ampliação de idade para educação gratuita obrigatória

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou proposta que obriga o Estado a oferecer educação obrigatória e gratuita dos 4 aos 17 anos de idade.
A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Câmara

Técnico e Profissionalizante / Executiva

Aumenta número de cursos sobre crise financeira

Momento do País virou oportunidade de especialização em recuperação judicial
O que fazer quando os índices ruins da economia fazem com que as empresas tenham de se reestruturar ou até mesmo pedir recuperação judicial? Muita gente vê nesse cenário uma chance de mercado: tem crescido no Brasil tanto a oferta como a procura por cursos que formam profissionais para atuar em companhias com dificuldade financeira.

O Estado de São Paulo

Opinião

Pelo direito de aprendizagem do professor

Para transformar a Educação Básica, é preciso repensarmos a formação inicial dos professores. Não há como falar em direito de aprendizagem sem abordar as condições que precisam ser asseguradas ao profissional a quem atribuímos a missão de promover esse direito a todas as crianças, adolescentes, jovens e adultos.
Listamos 4 pontos que consideramos cruciais para que os cursos superiores de Pedagogia e Licenciaturas possam contribuir mais com a formação dos professores e para a sua atuação profissional

O Estado de São Paulo

Menos MEC, mais Educação

Se não reavaliarmos o papel do MEC, suas políticas e formas de atuação, nenhum dos enormes problemas que impedem nossa Educação de avançar serão resolvidos de forma efetiva
Mais importantes do que os fatos é a forma como reagimos a eles. Hoje, temos uma realidade diferente no Brasil. Respeitando que temos um novo presidente e, agora, a definição do novo ministro, é hora de arregaçar as mangas e enfrentar a triste realidade da Educação brasileira.

O Estado de São Paulo

Mudanças no Enem: quais os riscos?

As mudanças anunciadas para o “novo Enem” pelo governo golpista Temer-Bolsonaro, rompem com o caráter democrático que o exame assumiu e com que foi apropriado pelos segmentos mais pobres, pois trouxe conquistas reais a estes segmentos.

Carta Educação

Escola com Partido

Estimado leitor, há muita polêmica ao redor do projeto de lei Escola sem Partido. Poucos leram o texto. Recomendo. É curto e acessível.
O ponto mais controverso é determinar que se fixem nas salas cartaz com "deveres do professor"; ou seja,"direitos do aluno". Enquanto pesquisador da área, sou favorável à máxima difusão dos direitos da criança e do adolescente e sob essa perspectiva me interessa o PL.

O Povo

Ensino Superior

Governo atinge só 1/4 de contratos prometidos com Fies

Só 1/4 dos contratos de financiamento estudantil prometidos pelo governo federal foram firmados neste ano. É o que mostra um levantamento inédito produzido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes). Crise econômica, corte de recursos e reestruturações feitas no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) seriam os principais problemas que afetaram a política, segundo o estudo.

Terra

Faculdades dizem que governo não usou fundo para cobrir rombo do Fies

G1

Acesso ao Fies ficou mais difícil, dizem faculdades privadas

Uol

Eventos

Inep lança Cadernos de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por meio da Diretoria de Estudos Educacionais (Dired), promove o seminário de lançamento dos cadernos de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais nesta sexta-feira, 30 de novembro, das 9h30 às 16h30, na sede do Inep, em Brasília-DF. Os Cadernos são destinados à disseminação de estudos e pesquisas voltados à análise, monitoramento e avaliação de políticas públicas, programas e planos de educação.

Inep

Policiais e jurídicas

Após reportagem do 'Estado', tribunal pede suspensão de diárias para cúpula da USP e Unesp

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) de São Paulo identificou como "incongruentes" as diárias corridas recebidas por servidores de alto escalão da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual Paulista (Unesp) e pediu que as universidades se adequem à legislação, recomendando a suspensão deste tipo de pagamento. USP e Unesp terão dez dias para se manifestar sobre o caso.

O Estado de São Paulo

Tribunal rejeita denúncia contra reitor da UFSC acusado de ofensa a delegada

A 3ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais de Santa Catarina decidiu nesta quinta-feira (29) por unanimidade manter a sentença que havia rejeitado a denúncia do Ministério Público Federal contra o reitor da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Ubaldo Cesar Balthazar, e o chefe de gabinete da reitoria, Áureo Mafra de Moraes, acusados de injúria funcional contra a delegada da Polícia Federal Erika Mialik Marena.

Folha de São Paulo

Outras do dia

Por que localização é ponto importante para decidir qual faculdade fazer?

O trânsito é um dos principais problemas das grandes cidades. Em São Paulo, por exemplo, a média de tempo gasta no congestionamento é de 2 horas e 43 minutos por dia, de acordo com pesquisa do Ibope. Isso significa que por ano o paulistano fica quase um mês no trânsito. Uma das formas de fugir da estatística é morar perto das atividades diárias, por isso a localização é um ponto importante na hora de decidir qual faculdade fazer.

iG

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Notícias de Educação - 29/nov/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Como usar as ferramentas digitais a favor das competências socioemocionais

Estamos vivendo novos tempos na Educação! A aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) definiu um norte aos currículos brasileiros e tornou a tecnologia uma competência de ensino que deve atravessar todas as áreas do conhecimento.
Dentro deste cenário, ouvir os nossos estudantes é o primeiro passo para a mudança em sala de aula. Em 2016, uma pesquisa promovida pelo Porvir, chamada Reconstrução da Escola ouviu 132.000 alunos. Um dos pontos mapeados pela pesquisa são os pedidos de mudanças no processo de ensino – entre os quais, que a tecnologia seja inserida nas aulas.

Nova Escola

App identifica as dificuldades de leitura antes que seja tarde

Uma equipe de pesquisadores do Hospital Infantil de Boston está se preparando para lançar um aplicativo que poderia ajudar a identificar precocemente os alunos com risco de apresentar dificuldade de leitura, colocando-os em um caminho para alcançar seu potencial, em vez de sofrer por anos sem o devido apoio.

Porvir

Projeto leva o ensino de noções de robótica para escolas públicas de BH

O ensino de robótica chega cada vez mais cedo às salas de aula. Na capital mineira, estudantes da rede municipal já têm noções de programação logo nos primeiros anos do ensino fundamental. Projeto implantado em 2017, com 146 alunos a partir de 6 anos, hoje atingiu a marca de 1.200 matriculados em 20 unidades escolares, inclusive da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O crescimento é de 700%.

Hoje em Dia

Gestão

Quatro países com educação de ponta que servem de inspiração e alerta

Coreia do Sul, China, Finlândia e Estônia com seus ensinos reconhecidos em avaliações internacionais e modelos distintos mostram que o Brasil pode enfrentar sua dívida histórica com a educação
Entre os cases que mais impressionam, pela rapidez e abrangência na conquista de bons resultados, é o da Coreia do Sul. Debilitada por três anos de guerra com a Coreia do Norte, entre 1950 e 1953, após a invasão do país vizinho, os sul-coreanos chegaram a 1960 com índices de desenvolvimento urbano, analfabetismo e renda semelhantes aos do Brasil. Até o início da década de 1980, eram individualmente mais pobres. Hoje, pouco mais de três décadas depois, comparar os PIBs per capita dos dois países é produzir uma goleada a favor do país asiático: US$ 27,4 mil, quase três mais do que os US$ 9,8 mil brasileiros.

Educação

Os superprofessores particulares que educam filhos de milionários

Ao redor do mundo, a indústria de ensino privado está crescendo. Segundo previsões, seu faturamento vai alcançar US$ 227 bilhões (cerca de R$ 895 bilhões) até 2022, impulsionado pelo crescimento na Ásia e pelo desenvolvimento de aulas on-line, na medida em que mais empresas conectam estudantes a professores, independentemente da distância física.
No entanto, esse setor continua em grande parte não regulamentado e há todos os tipos de provedores do serviço: freelancers, escolas, grandes redes, serviços online, agências personalizadas e muito mais.

BBC

5 ações para promover a saúde mental na escola

O clima da sua escola não anda bom? Os professores parecem desestimulados? Há intrigas, casos de bullying e automutilação entre os estudantes? Veja como virar o jogo

Nova Escola

ES: Deputado denuncia rombo na Educação superior a R$ 2,38 bilhões no Estado

A atual administração estadual deixou de investir na manutenção e no desenvolvimento da Educação no Espírito Santo, burlando a Constituição Federal, o que provocou um rombo de R$ 2,3 bilhões de janeiro de 2015 a setembro de 2018. A denúncia foi feita nesta quarta-feira (28) pelo deputado Sergio Majeski (PSB), da tribuna da Assembleia Legislativa.

Século Diário

Profissionais da Educação

De pedreiro a Uber: o malabarismo para viver com os salários do magistério

Com contratos precários e remuneração insuficiente, professores enfrentam longas jornadas e buscam ocupações fora da escola para sobreviver
Estudo do Todos pela Educação mostra que 29% dos 2 mil entrevistados têm ocupações extras para complementar a renda. Desses, 9% focam em atividades educacionais, 5% se voltam ao comércio e 3% prestam serviços.
A baixa remuneração docente impacta também na escolha que os jovens mais bem preparados fazem para entrar na carreira.

Nova Escola

66% dos professores já precisaram se afastar por problemas de saúde

Uma pesquisa online realizada pela Associação Nova Escola com mais de cinco mil educadores, entre os meses de junho e julho de 2018, reuniu mais informações sobre o problema e identificou que 66% das professoras e professores já precisaram se afastar do trabalho por questões de saúde. O levantamento também mostrou que 87% dos participantes acreditam que o seu problema é ocasionado ou intensificado pelo trabalho.

Nova Escola

Estresse: como lidar com o problema que mais afasta professores da sala de aula

Nova Escola

Burnout. Depressão. Ansiedade. Como desatar esses nós

Nova Escola

Inclusão

O abismo dentro de São Paulo que separa Kimberly e Mariana

Kimberly Cristina Barbosa e Mariana Grimaldi, ambas com 15 anos, moram a meros 10 quilômetros uma da outra, em São Paulo. A distância física não é das maiores, podendo ser percorrida de carro em menos de 30 minutos. No entanto, um abismo social separa os bairros de Paraisópolis (zona sul) e Perdizes (zona oeste), onde moram as duas jovens, respectivamente. Mariana estuda no Colégio São Luís, na região da avenida Paulista, um dos mais tradicionais da capital e com uma mensalidade que ultrapassa os quatro dígitos. Já Kimberly estuda na Escola Estadual Professora Etelvina Góes Marcucci, colada na favela onde mora. A jovem nunca foi até a Paulista. E Mariana nunca esteve em uma favela. Suas vidas e rotinas retratam os dados do Mapa da Desigualdade 2018, divulgado nesta quarta-feira pela Rede Nossa São Paulo.

El País

Leis e políticas

Qual o papel do Supremo no debate do Escola Sem Partido

O projeto Escola Sem Partido está em debate na Câmara, mas parte das atenções já estão voltadas ao Supremo Tribunal Federal. A proposta ainda não foi aprovada pelos deputados federais nem passou pelo Senado, mas motiva debates entre parlamentares e educadores que questionam a legalidade da iniciativa.
Já no Supremo, desde 2016, há uma ação contra uma lei de teor semelhante ao Escola Sem Partido. Trata-se da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) 5537, que pede a suspensão da lei Escola Livre, promulgada pela Assembleia Legislativa de Alagoas, em maio de 2016.

Nexo

CDH rejeita sugestão legislativa que proibia a educação sexual nas escolas

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) rejeitou uma Sugestão Legislativa (SUG 37/2018) que propunha proibir o “ensino ou discussão sobre sexualidade”. A sugestão recebeu 20.495 apoios, via portal e-Cidadania, mas de acordo com o parecer da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), o texto contraria artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) ao dificultar ações preventivas do Estado em questões como a gravidez precoce e de doenças sexualmente transmissíveis.

Senado

Data de votação do Escola sem Partido segue indefinida

A próxima sessão da Comissão Especial que discute o projeto Escola sem Partido (PL 7180/2014) na Câmara dos Deputados deve ocorrer na próxima terça-feira (4). O presidente da Comissão, o deputado Marcos Rogério (DEM-RO), havia sinalizado anteriormente que a reunião poderia ocorrer nesta quinta-feira (29), mas não há, até o momento, nenhuma reunião agendada.

Correio Braziliense

Opinião

A educação como política de Estado

Grupo político não pode impor sua visão particular
A disputa partidária pelo Ministério da Educação lamentavelmente derrotou a visão da educação como política de Estado. Ficou vencida a ideia inicial do presidente eleito, correta, de nomear um ministro com perfil técnico, como era o caso de Mozart Neves Ramos, que chegou a ser anunciado no dia 22.

Folha de São Paulo

A educação deve promover a paz

Podemos ilustrar, de uma forma não muito convencional, o esforço que o país vai precisar fazer para melhorar a qualidade da Educação através da primeira lei da termodinâmica. DE = q – W.
Desculpem-me, caros leitores, começar este artigo por um caminho nada tradicional, mas fiz essa escolha porque me deu uma saudade enorme de meus tempos de professor de química na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Mas não só por isso. Queria também fazer uma analogia com o enorme esforço que vamos precisar fazer para levar a Educação brasileira do estado atual para um novo, no qual as nossas crianças estejam plenamente alfabetizadas aos 7 anos de idade, nossos professores sejam valorizados e nossos jovens atraídos pela carreira do magistério, num ambiente escolar livre de qualquer influência política ou religiosa, mas numa escola em que todos ensinem e todos aprendam, numa convivência harmoniosa entre os diferentes, de fraternidade e de amor ao próximo.

IstoÉ

O que esperar da educação no próximo governo?

Se quiser garantir educação de qualidade, novo ministro terá que se afastar de agendas partidárias e se comprometer com o Plano Nacional de Educação.

Huff Post

Como será a educação brasileira nos próximos anos?

Nesta semana, o colunista Renato Janine Ribeiro faz uma pequena análise da educação brasileira nas últimas três décadas. O professor fala das divergências entre PSDB e PT em relação ao tema educação, mas lembra que o ponto de convergência entre eles foi a educação básica. Segundo Janine, esses atores se dedicaram à questão e convergiram que a educação básica é essencial, prioritária; tem de ser melhorada; as avaliações são muito importantes; e a União tem um papel estratégico para fortalecer os planos de educação de Estados e municípios.
Para o colunista, a notícia boa é que os bons educadores convergiram nesse rumo independentemente da linha política. A notícia ruim é que no programa de governo do presidente eleito a educação mal aparece.

USP

Como melhorar a nossa educação?

O déficit de aprendizagem tem consequências diretas sobre a produtividade dos nossos trabalhadores, a distribuição de renda, a criminalidade, a saúde da população e o exercício da cidadania. Como podemos melhorar? O primeiro passo para formular políticas públicas efetivas deve ser um diagnóstico sério do que está errado.

Nexo

Educação e a agenda liberal

Estimular a eficiência e reduzir as desigualdades requer políticas e ações diferentes das do MEC
No imaginário popular, a agenda liberal é associada a privatizar, vouchers, charter schools ou ensino superior pago. A agenda social-democrata reforça a função do Estado de promover a educação como direito. Já a agenda liberal vai mais além: a educação é instrumento para promover a formação do capital humano.

O Estado de São Paulo

Desigualdade racial: o fim dela começa na Educação

Inúmeras tensões raciais e sociais ainda persistem desde a abolição da escravatura e, a cada mês da Consciência Negra, precisamos problematizar e evidenciar o assunto. Essas desigualdades extrapolam as relações privadas e manifestam-se de maneira contundente nos indicadores sociais, inclusive na Educação.

Uol

(EUA) "Como as ações afirmativas estão prejudicando a ciência

As ações afirmativas que já se apoderaram das ciências humanas e sociais nos campi americanos agora estão tomando conta das ciências exatas. Os cursos “STEM” – sigla em inglês para Science, Technology, Engineering e Mathematics (ciências, tecnologia, engenharia e matemática) – estão sob ataque por serem insuficientemente “diversos”.
A pressão para aumentar a representatividade de mulheres, negros e hispânicos vem do Governo Federal, dos administradores das universidades e das próprias sociedades científicas. Essa pressão está mudando a forma como a ciência é ensinada e como as qualificações científicas são avaliadas. Os resultados serão desastrosos para a inovação científica e para a competitividade americana."

Gazeta do Povo

Ensino Superior

Estratégias do ensino superior privado para não perder alunos

O prolongamento da crise econômica, agravada pelas turbulências eleitorais, e as reduções drásticas na oferta de vagas do Fies - que de 2015 para cá caíram para menos da metade -, compõem o pano de fundo deste cenário

O Povo

O desafio de se formar

O Povo

Capes recebe 84 denúncias com suspeitas de mestrados e doutorados irregulares em 2018

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) recebeu, em 2018, 84 denúncias ou demandas sobre cursos de mestrado e doutorado suspeitos de irregulares no país.
As denúncias são reclamações embasadas com dados das entidades e dos cursos sob suspeita. As demandas são consultas sobre irregularidades nestas pós-graduações.

G1

Eventos

CAPES e UNESCO discutem Recursos Educacionais Abertos

Nos dias 28, 29 e 30 de novembro, a UNESCO no Brasil, em cooperação com o Ministério da Educação e a CAPES, reunirá representantes da educação e pesquisadores do Mercosul para discutir uma agenda conjunta de trabalho em torno dos Recursos Educacionais Abertos (REA) do bloco formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Capes

Outras do dia

O que filósofos dizem sobre o futuro ministro da Educação

Professores de grandes universidades classificam como "desconhecido" Ricardo Vélez Rodríguez, indicado por Jair Bolsonaro
Liberal entusiasta do projeto Escola Sem Partido, crítico da esquerda e defensor de uma política educacional que dê mais autonomia a Estados e municípios, o futuro ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez, é considerado um "desconhecido" na comunidade acadêmica.
Anunciado pelo presidente eleito como um quadro técnico, e não político, o filósofo colombiano tem currículo extenso.

Zero Hora