sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 19/out/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Design sensorial ganha espaço em salas de aula nos EUA

Nos Estados Unidos, à medida que mais alunos com deficiência ingressam nos sistemas escolares, educadores têm se preocupado em adaptar suas salas de aula para estimular o desenvolvimento acadêmico e emocional. O design sensorial tem como foco o controle de imagens, sons e cheiros que podem sub ou superestimular alunos com autismo ou outras deficiências. Algumas escolas foram construídas para este fim, mas qualquer sala de aula pode ser redesenhada, segundo especialistas.
Porvir

França: proibição do celular funciona em cerca de 90% das escolas

Cerca de um mês e meio depois da adoção da nova medida, que entrou em vigor nas escolas de ensino médio, o governo francês faz um balanço positivo da adesão dos estabelecimentos à decisão.
O ministro da Educação Nacional, Jean-Michel Blanquer, disse que é provável que “mais de 90% das escolas respeitam a proibição,” adotada no início do ano letivo francês, em setembro. O objetivo é diminuir à exposição às telas, as diferenças entre alunos que possuem um aparelho ou não, e também limitar os riscos de bullying. A única exceção é para o uso pedagógico da ferramenta.
G1

Museu Virtual da Educação disponibiliza rico acervo para o público

Mais uma plataforma virtual com o objetivo de aumentar o conhecimento e facilitar a pesquisa está disponível para o público nessa semana do Dia dos Professores. O Museu Virtual da Educação reúne na internet conteúdo coletado ao longo dos 94 anos da Associação Brasileira de Educação.
EBC

Gestão

Mensalidades de faculdades particulares sobem acima da inflação, diz pesquisa

Um levantamento feito pelo Panorama do Ensino Superior Privado, mostra que os preços das mensalidades de faculdades particulares estão mais altos. Na modalidade presencial, o aumento é de 6,3% e no ensino à distância (EaD), 7,7%. De acordo com a pesquisa Índice Nacional de Preços de Mensalidades - Quero Bolsa (INPM-QB), os valores estão acima da inflação, que é de 1,8%.
G1

Nos últimos anos, Brasil tem maior investimento em educação infantil

Segundo o relatório Education at Glance 2018 (Um olhar sobre a educação, em tradução livre), cresceu nos últimos anos o investimento em educação infantil no Brasil.
O valor gasto por criança, segundo os dados, ainda pode crescer. Conforme o relatório, o país passou de um investimento próximo a 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB), em soma das riquezas produzidas pelo Brasil no ano de 2015, para 0,7% em pré-escolas e creches.
Terra

'Sem uma educação de qualidade, estamos condenando nossas crianças e jovens à exclusão social'

O quadro é urgente: sem uma educação de qualidade, que prepare para a vida, cidadania e mercado de trabalho, estamos condenando nossas crianças jovens à exclusão social e nosso país a crises cíclicas e sobrepostas, como as que temos vivido nos últimos anos.
Mais emprego e renda, qualidade de vida e aprendizado para conviver em sociedade são avanços que começam nas salas de aula.
Estado de Minas

Profissionais da Educação

Valorização docente: os professores merecem e o Brasil precisa

Recentemente, o norte-americano Eric Hanushek, professor da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, esteve no Brasil para apresentar suas principais ideias sobre a relação entre Educação e economia. Na ocasião, ele falou amplamente da relação entre essas duas grandes áreas e destacou como a performance dos alunos em avaliações de larga escala influenciam no ganho real para a economia das nações, tese reconhecida no mundo todo. Além disso, em todas as falas, o pesquisador ressaltou o quanto a melhoria da Educação é inseparável da boa prática docente e, consequentemente, do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. Ou seja, o segredo dos bons sistemas educacionais de países desenvolvidos está em seus professores – em como são atraídos, formados, valorizados e “aperfeiçoados”.
O Estado de São Paulo

Política eleitoral, partidária e afins

Estas são as propostas de Haddad e Bolsonaro para a educação

No segundo turno das eleições para a Presidência, marcado para 28 de outubro de 2018, os eleitores brasileiros escolherão entre o candidato Fernando Haddad (PT), que atuou como ministro da Educação por quase sete anos, nos dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva e no início do governo Dilma Rousseff, e Jair Bolsonaro (PSL), que critica uma suposta “doutrinação ideológica” feita por professores em sala de aula.
Veja as propostas dos dois candidatos e algumas medidas que adotaram na área de educação em suas trajetórias políticas.
Nexo

Bolsonaro quer ensino a distância na área rural, que tem piores indicadores educacionais

Especialistas alertam que modalidade pode agravar desigualdade sofrida por estudantes do campo
Além de defender a educação a distância no ensino fundamental, medida criticada por especialistas da área, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) quer direcionar a modalidade para a zona rural do país, exatamente onde estão os alunos com os piores indicadores de aprendizagem. A intenção está no plano de governo que o atual líder nas pesquisas registrou no Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), e já foi mencionada por ele em entrevistas.
O Globo

Professores, alunos e funcionários de universidades atacam 'tosca pregação autoritária' de Bolsonaro

Professores, estudantes e funcionários de universidades brasileiras divulgaram nesta quinta (18) um documento intitulado "Carta das Universidades pela Democracia".
"Acima e além das divisões ideológicas, partidárias e filosóficas que nos separam, decidimos nos unir em defesa do bem maior que representa podermos resolver as nossas diferenças em paz, dentro do Estado de Direito, e no respeito absoluto pela opinião alheia", diz a carta.
Folha de São Paulo

Ex-ministro de Temer pode voltar à Educação em governo de Bolsonaro

O ex-ministro da Educação no governo de Michel Temer, Mendonça Filho (DEM-PE), está colaborando com a equipe do candidato Jair Bolsonaro (PSL). O nome de Mendonça estaria, inclusive, sendo cogitado para voltar ao mesmo ministério que deixou em abril para se candidatar a senador por Pernambuco. Ele não se elegeu. Além dele, o nome do empresário Eduardo Mufarej, do grupo RenovaBR, também está sendo considerado para o cargo.
O Estado de São Paulo

Opinião

Educação de qualidade demanda bons professores e gestores

O sucesso da educação de Singapura se deve a uma cultura que prioriza aprendizagem, a um investimento sólido em professores, que são preparados para a profissão e não só para compreender teorias, e a uma política educacional voltada para a excelência com equidade, ou seja, para alto desempenho, sem deixar ninguém para trás.
Em outros termos, o que se busca é realizar a grande promessa da educação: a de que haverá igualdade de oportunidades não só no discurso, mas na prática.
Folha de São Paulo

Ensino Superior

Programa convoca universitários para criar projetos inovadores para o campus

Uma das grandes tendências da educação atual é a elaboração de projetos que promovem o aprendizado a partir da resolução de problemas reais e atividades mão na massa. É esse o conceito que move o programa Red Bull Basement University, que convoca estudantes de 18 a 25 anos a quebrar a cabeça para inovar, colaborar e promover mudanças no campus de suas universidades.
Porvir

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 18/out/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Ensino na prática: atividades fora da sala de aula ajudam a consolidar conteúdo

Festival de foguetes, minimercado e pizzaria em sala são alguns dos métodos usados por professores para auxiliar na fixação de conhecimento.
Gazeta do Povo

Clube de leitura engaja alunos de escolas públicas na Bahia

Professora conta como desenvolveu projeto itinerante que percorreu diferentes colégios estaduais de Senhor do Bonfim (BA) para despertar o interesse dos jovens pelos livros
Porvir

Gestão

O uso do espaço da sua escola reflete a proposta pedagógica dela?

Os espaços para o lazer são limitados nas escolas. Na impossibilidade de fazer reformas, é possível usar a criatividade para intervir no que já existe à disposição
Para muitos especialistas, o brincar é considerado a principal atividade em que a criança aprende. Diante disso, cabe a pergunta: será que estamos oferecendo espaços para que as crianças brinquem na escola?
Gestão Escolar

Profissionais da Educação

14 coisas que ninguém te conta antes de assumir uma sala de aula

Que professor em sala de aula nunca sentiu que havia uma grande distância a ser percorrida entre a teoria e a prática da profissão? O cenário de sala lotada, muitas turmas, problemas de infraestrutura, comportamento e as dificuldades de aprendizagem pode ser ainda mais desesperador para quem é iniciante – mesmo no caso de quem é familiarizado com a dinâmica da vida docente.
Nova Escola

Inclusão

Inclusão: você já ouviu falar em tecnologias assistivas?

Sabemos que o tema ainda é muito delicado por conter diversas fragilidades, como salas com muitos alunos, ausência de funcionários e falta de formação docente específica voltada para inclusão. Há necessidades que interferem de maneira significativa no processo de aprendizagem e que exigem uma atitude educativa específica da escola, como utilização de recursos e apoio especializado para garantir a aprendizagem de todos. E é dentro deste cenário o que é a tecnologia assistiva pode contribuir para auxiliar a atuação do professor dentro da sala de aula.
Nova Escola

Leis e políticas

STF valida lei paranaense que assegura livre organização de centros acadêmicos

O Supremo Tribunal Federal (STF) validou nesta quarta-feira, 17, com ressalvas, uma lei do Estado do Paraná, de 2015, que assegura a livre organização dos Centros Acadêmicos, Diretórios Acadêmicos e Diretórios Centrais de Estudantes nos estabelecimentos de ensino superior. Apesar de manter a lei, os ministros declararam que o texto não pode ser aplicado nas instituições federais e particulares. O pleno também derrubou o artigo que previa multa para estabelecimentos particulares que não cumprissem esta legislação.
Terra

Política eleitoral, partidária e afins

Presidente pode mudar currículo escolar?

Documento, estabelecido como norma, deve ser implementado independentemente de governos estaduais ou federal
Em 2019 novos governadores e um novo presidente assumirão os cargos e cresce a indagação sobre possíveis alterações nos currículos. “Trata-se de um documento (BNCC) estabelecido como norma e, assim sendo, deve ser implementado independentemente de quem esteja no governo federal ou estadual”, informa a assessoria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Ou seja, um presidente ou governador não podem decretar mudanças nos currículos escolares.
Nova Escola

Avaliação

Aumento de candidatos na 2ª fase da Fuvest exige melhor preparo

Etapa de conhecimento específico do vestibular da USP passa a ter quatro alunos por vaga, em vez de três
As novas regras da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que classifica para a Universidade de São Paulo (USP), para este ano tendem a alterar a preparação dos alunos para as provas. Uma das principais mudanças está na segunda fase. Em vez dos tradicionais três dias seguidos de exames, agora serão dois.
O Estado de São Paulo

Estudantes cearenses começam a ser avaliados no Spaece

Estudantes da rede pública de ensino do Ceará começaram a ser avaliados, ontem, no Sistema Permanente da Avaliação da Educação Básica (Spaece).
O Povo

EAD

Educação a distância ainda cresce no ensino superior do Brasil

Após mais de uma década em processo de consolidação, o dilema inicial de que falta qualidade na educação a distância (EAD) está ultrapassado. Quase um milhão de pessoas ingressaram no sistema em 2017 no Brasil, total que tende a crescer até 2020. São pessoas que optam por ter mais flexibilidade e quase sempre veem nos custos de EAD um atrativo para obter um diploma de ensino superior.
O Estado de São Paulo

Técnico e Profissionalizante / Executiva

Fatecs incluem competências socioemocionais no currículo

Os cobiçados cursos para tornar-se um tecnólogo são totalmente alinhados com o perfil que o setor produtivo exige. Por isso, dentro das Faculdades de Tecnologia de São Paulo (Fatecs), os currículos não são mais focados exclusivamente nos conhecimentos técnicos dos alunos. Os futuros estudantes também precisam desenvolver outras capacidades para conseguirem se inserir com segurança no mercado de trabalho. “O setor produtivo também está muito preocupado em ter profissionais que desenvolvam suas competências socioemocionais”
O Estado de São Paulo

Ensino Superior

Faculdades unem tecnologias e metodologias diferentes na preparação

Uma simulação de um julgamento realizada em Washington, capital dos Estados Unidos, para o aluno do curso de Direito da Fundação Getulio Vargas (FGV) aprender sobre o sistema interamericano de Direitos Humanos. Com o objetivo de representar da melhor forma possível o mundo real, iniciativas das várias instituições que apresentam esse tipo de atividade aos estudantes contribuem para o desenvolvimento de várias habilidades: desde falar em público até organizar um raciocínio jurídico lógico.
O Estado de São Paulo

Faculdades de ponta ensinam teoria e técnica dentro do contexto

O Estado de São Paulo

Universidades federais têm alta concorrência e qualidade de candidatos

Por causa das várias ações feitas nos últimos anos para tornar o acesso às federais mais igual e democrático, concorrência tem aumentado, assim como o nível dos estudantes, avaliam professores
A mudança recente no perfil dos alunos das federais tem deixado cada vez mais acirrada a disputa pelas aproximadamente 320 mil vagas nas 63 instituições. Maior competição implica mais estudo e, portanto, o nível dos estudantes também vem subindo, avalia Vera Cepêda, pesquisadora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). “Como o número de concorrentes aumentou, alunos mais escolarizados estão ingressando nas federais”, afirma.
O Estado de São Paulo

Outras do dia

Lei no Texas obriga alunos a assistirem a vídeo sobre abordagem policial como requisito para pegarem diploma

A partir deste ano letivo, os estudantes do ensino médio no Texas, nos Estados Unidos, só poderão conseguir o diploma depois de dedicarem 16 minutos para assistirem a um vídeo com instruções sobre como se comportar durante uma revista policial no trânsito. É o que diz uma lei estadual aprovada no estado no ano passado e que entrou em vigor em 27 de agosto desse ano.
G1

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 17/out/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Como incluir tecnologia no currículo de olho em competências da BNCC

Para apoiar redes de ensino, escolas e professores que precisam incluir os temas de tecnologia e computação nos seus currículos, o CIEB (Centro de Inovação para a Educação Brasileira) lança a plataforma Currículo de Referência em Tecnologia e Computação, que traz diretrizes e orientações para desenvolver habilidades digitais propostas na BNCC (Base Nacional Comum Curricular).
Voltada para a educação infantil e o ensino fundamental, a plataforma pretende potencializar o uso de tecnologia e ampliar as reflexões sobre computação na educação básica.
Porvir

Escola brasileira 'importa' método japonês de preparação de aula

Desde fevereiro, a professora Adriana Silva estava planejando a aula que deu no início de agosto para os alunos de 5° ano da EPG Hamilton Félix de Souza, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. O tempo de preparação foi tão longo porque a lição foi pensada de acordo com a abordagem do Estudo de Aula, que ela aprendeu durante uma viagem que fez a Chicago, nos EUA, a convite da Fundação Lemann, mantenedora da Nova Escola.
Adriana e mais dois colegas da rede municipal participaram de um workshop de cinco dias em que conheceram a abordagem, vinda do Japão.
Folha de São Paulo

Gestão

Como o governo decide a indicação dos livros nas escolas

O Nexo entrou em contato com o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), autarquia ligada ao Ministério da Educação responsável pelo projeto, para entender como é feita a escolha das obras e a classificação indicativa do que entra para o guia. A assessoria, em nota, afirmou que, para fazer parte da seleção, a editora, o autor ou o responsável pelos direitos autorais da obra deve se inscrever em edital disponível no site.
A decisão final sobre quais obras serão destinadas para cada escola é feita pela própria instituição.
Nexo

Inclusão

Professora cria canal no Youtube para contar histórias em libras

Durante o período de pesquisa para seu doutorado com foco na literatura para surdos, a professora da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Carolina Hessel, percebeu que, enquanto existia muito material na internet com contadores de “histórias ouvintes”, ou seja, contos infantis narrados a partir da fala, a parcela de uma produção audiovisual que suprisse as demandas literárias do público surdo era praticamente nula. Foi então que, em outubro de 2017, Hessel criou o canal no Youtube “Mãos Aventureiras”
Gazeta do Povo

Leis e políticas

Diretrizes Curriculares recebem contribuições pela internet

A Comissão do Ensino Médio da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (CNE), órgão vinculado ao Ministério da Educação, colocou em consulta pública para contribuições da sociedade brasileira a revisão das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) para o Ensino Médio, a partir desta terça-feira, 16.
MEC

Política eleitoral, partidária e afins

Conheça as principais propostas de Bolsonaro e Haddad para a educação

A cada quatro anos, o discurso se repete: nenhum candidato às eleições jamais foi contra a melhoria da Educação no Brasil. Numa semana que se iniciou com a comemoração do Dia dos Professores, então, é claro que o assunto iria retornar ao centro da pauta dos presidenciáveis – que disputam o segundo turno de 2018 no próximo dia 28 de outubro. Mas você sabe quais as propostas para educação feitas por Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)?
iG

Saiba mais sobre as propostas de Bolsonaro e Haddad para o ensino a distância

Os dois candidatos à Presidência da República que disputarão o segundo turno da eleição, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), têm posições distintas para o ensino a distância.
A proposta não é citada no programa de governo de nenhum dos dois candidatos, mas apareceu em entrevistas de ambos durante a campanha.
G1

Avaliação

56% dos candidatos do Enem 2018 terão que adiantar o relógio para o horário de verão no dia da prova

No dia 4 de novembro, primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mais de 3 milhões de candidatos precisarão adiantar o relógio em uma hora para se adequar ao horário de verão, que nesse ano coincide com o exame do MEC. Eles representam 56% do total de 5,5 milhões de candidatos com inscrição confirmada nas provas.
G1

Opinião

Os espantalhos precisam sair da educação

Infelizmente, a BNCC é uma ilustre desconhecida do debate eleitoral sobre educação. Em vez de conversar sobre o que de fato impacta o aprendizado de crianças e adolescentes país afora, discutimos espantalhos —ideias feitas para assustar o outro lado ou para criar coesão no nosso próprio grupo. Você sabe do que estou falando.
Folha de São Paulo

Educação precisa de professor

Propostas educacionais tendem a reduzir papel docente e desviar a atenção de problemas reais da docência: autonomia, formação e condições de trabalho
Nos últimos 20 anos, o Brasil avançou na garantia do direito de crianças, adolescentes e jovens a uma vaga na escola, mas ainda estamos longe de assegurar que todos permaneçam em sala de aula e aprendam como deveriam. É preciso não interromper essa trajetória para podermos colher os frutos no futuro. Em resposta à insatisfação com a demora nessa melhoria, governos e candidatos frequentemente têm apostado em soluções “milagrosas” ou para poucos. Isso quando não responsabilizam os profissionais da educação – em especial os professores – pelos resultados aquém dos desejados.
Carta Educação

Negócios

EaD para adolescentes e educação bilíngue: a Kroton no ensino básico

O grupo de ensino Kroton escolheu o dia do professor (15/10), para marca o início da gestão das operações da Somos Educação, empresa focada em colégios e escolas de educação básica. O negócio foi fechado em abril, por cerca de 6,3 bilhões de reais, mas só agora passou por todos os trâmites do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e também pelos processos internos das empresas.
Mais do que o primeiro dia de trabalho com o novo ativo, a compra da Somos deve representar um hiato da Kroton em aquisições multibilionárias. A ordem na Kroton, Conhecida por ser uma consolidadora em série, agora é focar no crescimento orgânico. “Não estamos fechados para compras, nem em ensino superior e nem no básico, mas temos um grande trabalho para ganhos de sinergia”, afirma Rodrigo Galindo, presidente da companhia.
Exame

Eventos

Inep participa de reunião da Aliança Global para o Monitoramento da Aprendizagem da Unesco

Nesta quarta e quinta-feira, 17 e 18 de outubro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) participa do 5º Encontro da Aliança Global para o Monitoramento da Aprendizagem (GAML), em Hamburgo, na Alemanha. A iniciativa do Unesco Institute for Statistics (UIS) visa oferecer soluções concretas para o desenvolvimento de novos indicadores de aprendizagem necessários para se atingir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4, da Agenda de Educação 2030: assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.
Inep

MEC participa de evento que discute o impacto da educação na economia do país

As competências para o mercado de trabalho 4.0 e o impacto da educação na economia brasileira foram os principais temas discutidos durante o 5º Fórum Lide de Educação e Inovação, realizado nesta terça, 16, em São Paulo. O evento, realizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), contou com a participação do ministro da Educação, Rossieli Soares, ao lado de líderes empresariais, autoridades, educadores e especialistas em inovação.
MEC

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 16/out/2018

Clipping Focando Educação

Destaque: DIA DO PROFESSOR

Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores

O sonho com a carreira docente é cada vez mais raro. De acordo com levantamento feito pelo Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede), com base nos dados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) de 2015, apenas 3,3% dos estudantes brasileiros de 15 anos querem ser professores. Quando se trata daqueles que querem ser professores em escolas, na educação básica, esse percentual cai para 2,4%.
EBC

Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores

EBC

Artigo: Educação precisa de professor

Carta Educação

Dia do professor: relembre personagens que ficaram conhecidos pela docência

Gazeta do Povo

Dia do Professor: os 'Merlís' da vida real, que 'quebram as regras' para inspirar alunos como na série da Netflix

BBC

Amor pela profissão mantém professores em sala de aula

O Tempo

Dia do Professor: pai e filha que se formaram juntos dividem paixão pela sala de aula no ES

G1

Uma rotina de 40 anos, nenhuma vontade de abandonar o ofício

MEC

Dia do Professor: O professor de música que decidiu trazer ex-alunos de volta às aulas após assassinato

BBC

Sala de aula

Baixe ebook gratuito Desafio Diário de Inovações 2018

Pelo segundo ano, o Porvir e o IBFE (Instituto Brasileiro de Formação de Educadores) oferecem o ebook gratuito Desafio Diário de Inovações. Nesta edição, a publicação reúne 19 relatos de professores que estão inovando em suas práticas para transformar o processo de aprendizagem.
Porvir

Gestão

As lições para a Educação do país em que pedreiros estudam por até 4 anos e ganham salários de R$ 20 mil

Na Suíça o sistema de formação de aprendizagem é amplamente estimulado, e cerca de dois terços dos estudantes optam por esse caminho, que se segue aos 11 anos de ensino compulsório, começando no jardim de infância, passando pela escola fundamental até a intermediária.
Mais de 250 profissões estão disponíveis por meio desse sistema de aprendizado, que propicia contato desde cedo com o mercado de trabalho. O tempo de formação depende da carreira escolhida, mas o mínimo é de dois anos, podendo chegar a quatro.
BBC

CE: Academia do Professor deve ser inaugurada em dezembro

Com obras em fase de acabamento, o prédio que servirá de sede para a Academia do Professor deve ser finalizado até dezembro de 2018. O local vai funcionar como um centro de atividades de assistência à saúde e especialização profissional dos professores da rede pública municipal. Além de cursos educacionais, o espaço contará com área de lazer e esportes, núcleo de atendimento de saúde e ambiente de convivência.
O Povo

Cidade de São Paulo supera meta de colocar 50% das crianças em creche

Município alcança objetivo nacional seis anos antes do prazo, com mérito das últimas gestões
O município de São Paulo conseguiu ultrapassar a meta de ter ao menos 50% das crianças de 0 a 3 anos matriculadas em creches. A marca, alcançada seis anos antes do prazo e ainda distante de ser batida em nível nacional, foi atingida em setembro pela gestão Bruno Covas (PSDB), em um trabalho puxado também por antecessores, como Fernando Haddad (PT) e João Doria (PSDB).
Folha de São Paulo

Política eleitoral, partidária e afins

O que Bolsonaro e Haddad propõem para os professores

Propostas específicas para a qualificação e a valorização da carreira docente passaram longe dos holofotes nesta campanha eleitoral.
O UOL consultou os programas de governo de Haddad e de Bolsonaro, que disputarão o segundo turno no dia 28 de outubro, para levantar as propostas de cada um dos candidatos para os professores. Os documentos foram registrados junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e podem ser consultados neste link (http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/estados/2018/2022802018/BR/candidatos).
Folha de São Paulo

Haddad sugere Mario Sérgio Cortella para Ministério da Educação

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, postou uma mensagem em seu perfil no Twitter nesta segunda-feira, 15, sugerindo o nome do filósofo e articulista Mario Sérgio Cortella para o Ministério da Educação.
IstoÉ

Cotado para ministro da Educação de Bolsonaro, militar defende ensino do criacionismo nas escolas

Em entrevista a Renata Agostini, no jornal O Estado de S.Paulo desta segunda-feira (15), o general Aléssio Ribeiro Souto, que elabora propostas para o Ministério de Educação de um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL), defendeu o ensino do criacionismo nas escolas públicas.
Forum

Campanha de Bolsonaro aplica seu próprio viés político à educação

Folha de São Paulo

Opinião

Voucher educação: recurso de cidadania

A atual eleição presidencial apresentou uma proposta de resposta imediata a quem necessita de escola. Falo do voucher educação, programa revestido de forte impacto social, destinado aos alunos com renda familiar per capta de três salários mínimos. Na comunidade de educadores, pesquisadores e conselheiros tutelares, a iniciativa representa importante possibilidade ao atendimento daqueles que continuam fora da escola.
O Povo

Ensino Superior

Formação continua após o curso de Medicina

Escolha de campo para se especializar exige amadurecimento do aluno ao longo dos estudos
Depois dos seis anos da graduação, o médico precisa continuar aprendendo. “O aluno de Medicina estuda muito. O conhecimento, hoje em dia, aumenta em uma velocidade espantosa. Duas áreas cresceram muito no fim do século passado: Medicina e Engenharia. O aprofundamento é muito necessário”, afirma o radiologista Aldemir Humberto Soares, integrante do Conselho Federal de Medicina (CMF) e representante da Associação Médica Brasileira (AMB).
O Estado de São Paulo

Medicina aliada a áreas da Saúde é o desafio

O Estado de São Paulo

Negócios

Integração da Saber e Somos Educação deve levar dois anos, diz CEO da Kroton

A integração das operações da Saber, holding da Kroton Educacional para ensino básico, com a Somos Educação deve levar cerca de dois anos, disse nesta segunda-feira o presidente do maior grupo de ensino superior privado do país, Rodrigo Galindo.
Extra

Outras do dia

Reitora e vice-reitor da UFMG publicam manifesto em defesa das universidades públicas

A reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Sandra Regina Goulart Almeida, e o vice-reitor, Alessandro Fernandes Moreira, aproveitaram o Dia do Professor para publicar um manifesto, nesta segunda-feira (15), em defesa das universidades públicas brasileiras e em repúdio à violência direcionada à comunidade universitária e sociedade como um todo no período eleitoral.
Hoje em Dia

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 15/out/2018

Clipping Focando Educação

Destaque: Dia do Professor!

A profissão em tempos de acirramento político

A figura do professor tem sido motivo de debates no tocante à sua autonomia para abordar determinados assuntos. Para alguns setores da sociedade, algumas questões são vistas como ideológicas e, por isso, não deveriam ser tratadas em sala de aula. A discussão é ampla e gera debates, sobretudo em tempos de polarização e acirramento político.
O Povo

As experiências de quem começa e de quem se despede das salas de aula

O Povo

Dia do Professor: Quais são as propostas de Bolsonaro e Haddad para o magistério e para a Educação

BBC

Dia do Professor: lições do Japão ao Brasil incluem mestres valorizados, pais voluntários e alunos 'faxineiros'

BBC

Dia dos professores: pedagogia foi o curso com mais ingressantes e concluintes em 2017; veja o top 10

G1

Sala de aula

Se quiser que seu filho aprenda mais rápido, ensine-o a tocar este instrumento

Artes marciais, esportes aquáticos, pintura, xadrez, idiomas... As opções de atividades extracurriculares para as crianças é muito ampla. Mas se você só puder escolher uma, que aprenda música. E não serve qualquer instrumento. Não se assuste, não estamos falando de deixá-los tocar a bateria de panelas, como na foto, mas do piano que, segundo estudo recente, pode ajudar a desenvolver mais rápido algumas capacidades da criança.
El País

Que livro você daria a uma criança?

Viajar sem sair do lugar, voar sem ter asas, caminhar sem tirar os pés do chão. Com um livro nas mãos, não há limite para a criatividade. Com a leitura, podemos conhecer lugares, nos deparar com conflitos e situações até então desconhecidas e levar conosco personagens que nos marcarão pelo resto da vida. Além de prazerosa, a leitura forma. Amplia a capacidade de compreensão do mundo, fortalece o senso crítico e trabalha valores importantes para a formação do indivíduo, como respeito, empatia e solidariedade.
Para comemorar o Dia das Crianças, o Carta Educação perguntou a seis educadores e especialistas em educação: “Que livro você daria a uma criança?”
Carta Educação

Crianças criam 'clubinho' de ideias para salvar o mundo

Alunos de 9 anos pensam sobre os problemas do mundo
Salvar o mundo. Com esse simples objetivo, crianças de uma escola de Santos, no litoral sul de São Paulo, criaram um clube e se reúnem diariamente para pensar em propostas.
Folha de São Paulo

Gestão

As lições da Estônia, país que revolucionou escola pública e virou líder europeu em ranking de Educação

"O sucesso da educação na Estônia se baseia em três pilares", afirmou à BBC News Brasil a ministra da Educação e Pesquisa do país, Mailis Reps. "A educação é valorizada pela sociedade, o acesso é universal e gratuito e há ampla autonomia (de professores e escolas)."
"Os estonianos realmente acreditam que a educação abre uma ampla gama de possibilidades", ressalta a ministra.
BBC

Por que negligenciar a educação de meninas prejudica a economia

Segundo estimativas da Unesco, 40 milhões de vagas de emprego em todo o mundo não poderão ser preenchidas por falta de trabalhadores qualificados nos próximos dois anos.
Se todas as meninas tivessem acesso aos 12 anos de educação de qualidade recomendados, os ganhos das mulheres ao longo da vida poderiam dobrar de US$ 15 trilhões para US$ 30 trilhões globalmente.
O relatório recomenda, ainda, que as políticas educacionais não devem ser “neutras” em relação à questão de gênero.
Nexo

Estudantes e professores no centro de um projeto de escola pública

Para reimaginar o ensino, escola Design 39 Campus, de San Diego (EUA), ouve toda a comunidade
A oferta parecia boa demais para deixar passar – um ano de folga do trabalho em sala de aula para criar uma nova escola pública com a missão de “mudar a forma como estudamos”. Para o professor Tom Downs, 26, e os outros que se candidataram, o período sabático representava a oportunidade de construir a escola que sempre sonharam, trabalhando ao lado de educadores que compartilhavam um compromisso com a inovação.
Porvir

Estado cede escolas para a cidade de Curitiba. Final feliz?

Qualquer proposta que acarrete no fechamento de uma escola soa absurdo em um país como o Brasil. Mas há casos em que o fim das atividades pode ter um “final feliz”, pelo menos no que diz respeito aos recursos públicos. O Colégio Estadual Dezenove de Dezembro, instituição centenária de Curitiba, se enquadra aí: a instituição cessou o atendimento em junho de 2017, quando tinha apenas 18 alunos no 9.º ano do Ensino Fundamental (EF) II. O prédio então passou a abrigar exclusivamente a Escola Municipal Batel – que já operava em dualidade administrativa no mesmo endereço desde 2012 – onde hoje são atendidos cerca de 400 estudantes do EF I.
Essa não é uma situação única. Outro colégio centenário do Paraná também foi municipalizado recentemente: o Professor Brandão, na Avenida João Gualberto, no Juvevê. Outras instituições seguiram o mesmo caminho, devido à queda da demanda pelo EF II – ofertado pelo estado – e aumento da demanda pelo EF I – de responsabilidade do município.
Gazeta do Povo

Exército anuncia primeiro Colégio Militar no estado de SP

O comandante do Exército, geral Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, assinou na terça-feira, 9, portaria para a criação do primeiro Colégio Militar de São Paulo, que deve começar a funcionar em 2020.
Terra

Inclusão

Michelle Obama lança plataforma para investir na educação de meninas

Plataforma de financiamento colaborativo permitirá que qualquer pessoa ajude a investir em projetos de educação de meninas em seis países
Atualmente, segundo a USAID (agência dos EUA para desenvolvimento internacional) 98 milhões de garotas não estão frequentando a escola. As razões são muitas: falta de dinheiro, gravidez precoce, ameaças de segurança e ausência de suporte familiar. Esse cenário, presente em vários países do mundo, foi lembrado por Michelle Obama. Neste 11 de outubro, considerado o Dia Internacional da Menina pela ONU, a ex-primeira dama dos Estados Unidos lançou uma iniciativa global para suporte à educação de meninas no mundo.
Época Negócios

Violência doméstica e exploração infantil provocam fuga escolar em Guarulhos

A violência doméstica e a exploração infantil estão levando crianças e jovens a abandonar os estudos em Guarulhos, na Grande SP. Esses são os principais motivos dos alunos que deixaram de estudar em um colégio da rede estadual da cidade no primeiro semestre. No geral, 10% dos alunos abandonaram as aulas no período.
Folha de São Paulo

Biblioteca resgata autoestima de pessoas com deficiência visual

Fundada e idealizada, há 23 anos, pela escritora Dinorá Couto, a biblioteca Dorina Nowill, localizada em Taguatinga, é a única instituição pública do Distrito Federal com um acervo especialmente voltado para pessoas com deficiência visual.
E no Dia Nacional da Leitura, comemorado nesta sexta-feira, 12, instituições não apenas incentivam a leitura, a escrita e o conhecimento, mas também são essenciais para resgatar a autoestima de pessoas com deficiência visual.
MEC

Leis e políticas

Idade mínima para educação infantil começa a valer em 2019

A partir de 2019, só poderão ingressar na Educação Infantil e no Ensino Fundamental crianças a partir de quatro e seis anos, respectivamente, completados até o dia 31 de março. As regras do Conselho Nacional de Educação (CNE) foram publicadas no Diário Oficial de União nesta semana depois de mais de oito anos sendo debatidas
Correio do Estado

Sem reforma do médio

A tão falada reforma do ensino médio parece não ter futuro, ganhe quem ganhar as eleições presidenciais. Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que disputam o segundo turno, demonstram insatisfação ou ignoram a menina dos olhos do governo de Michel Temer na Educação.
O Estado de São Paulo

Lei que torna o ensino de música obrigatório na rede pública completa dez anos, mas não é implementada

Um dos entraves é a formação. Segundo Censo, país tem 128 cursos específicos para formação de professores em música com 8.384 vagas. Em 2016, 2.246 concluíram.
A legislação que torna o ensino de música obrigatório nas escolas da rede pública e privada do Brasil completou dez anos em 2018, mas o que se vê na prática é que ela ainda não saiu do papel.
G1

Política eleitoral, partidária e afins

Propostas de Bolsonaro e Haddad para educação: semelhanças e diferenças

Na terça, comentamos aqui as propostas do candidato Jair Bolsonaro (PSL) para a área de educação. Ontem foi a vez de analisar as propostas de Fernando Haddad (PT). Hoje, vamos comparar as duas, procurando identificar as semelhanças e as diferenças entre elas. Estamos diante de duas visões de mundo, da educação e do papel do governo.
Veja

‘É preciso nova bibliografia para escolas’, diz assessor de Bolsonaro para a Educação

À frente do grupo que elabora propostas para o Ministério de Educação de um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL), o general Aléssio Ribeiro Souto diz que “é muito forte a ideia” de se fazer ampla revisão dos currículos e das bibliografias usadas nas escolas para evitar que crianças sejam expostas a ideologias e conteúdo impróprio. Ele defende que professores exponham a "verdade" sobre o “regime de 1964”, narrando, por exemplo, mortes “dos dois lados”. "Existe a verdade, quer se queira ou não. E ela nem sempre tem sido retratada"
O Estado de São Paulo

Plano de Bolsonaro une criação de creche e ensino religioso

O Estado de São Paulo

Avaliação

Inep pode ter dado pistas sobre tema de redação do Enem

O perfil do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) no Instagram vem fazendo diversas publicações com variações linguísticas e muita gente entendeu isso como um conselho.
Para quem ainda tem algumas dúvidas sobre o assunto, nós vamos ajudar vocês: variação linguística nada mais é que o modo diferente que a língua é pronunciada de acordo com a região. O sotaque ou as gírias de cada estado, cultura e idade são exemplos.
Terra

Opinião

O papel dos museus no desenvolvimento da educação

Ao contrário de países da Europa, que respiram cultura, nosso país parece seguir em uma mão contrária em relação aos museus
Na formação de crianças e adolescentes podemos destacar o papel relevante dos museus, principalmente vinculado à vida escolar. O contato desde cedo com essas organizações possibilita um desenvolvimento de cuidado e amor pela preservação cultural, além de senso crítico. A partir de visitas regulares, o universo de conhecimento se amplia significativamente, e a cada exposição o espectador tem a oportunidade de conhecer diferentes realidades sobre si e sobre seu povo.
Embora seja importante investir na educação e no espaço aberto, o museu não faz seu papel sozinho. É preciso existir um preparo para que os visitantes aproveitem plenamente as experiências, além de fazer sentido para crianças e adolescentes na perspectiva da educação.
Terra

Educação e inovação: o que temos a aprender com Israel?

Com pouco mais de 8 milhões de habitantes, território pequeno, escassez de água e uma história milenar que tem sido reescrita há apenas 70 anos, Israel é um daqueles países que surpreendem pela capacidade de encontrar soluções, inovar e se estabelecer como polos globais de disseminação de conhecimento.
Como tudo isso foi possível em tão pouco tempo e o que o Brasil precisa fazer para chegar lá?
O Estado de São Paulo

A falácia do Homeschooling como risco à melhoria da Escola Pública

Diversos estudos demonstram que a forma mais adequada de fortalecer a escola pública é fomentar, através de financiamento público, um mercado educacional livre e diverso
O reconhecimento do direito de educar em casa legitima um descomprometimento das famílias educadoras com o bem-estar da sociedade. A escolha pela educação individualizada colocaria em risco a melhoria da escolarização da coletividade, representada pela população em geral. 
Ora, dizem os críticos, se a qualidade da escola, principalmente da escola pública, é baixa, motivo pelo qual as famílias educadoras não a julgam adequada aos seus filhos, que esta seja melhorada, e não abandonada. Ou seja, o que se critica aqui é que, em nome de prover melhor educação individual, famílias negligenciam o compromisso com a sociedade, deixando de fortalecer a escola pública.
Gazeta do Povo

Ensino Superior

Nas faculdades federais, só 10% optam por estudar fora do Estado de origem

Dificuldade econômica e a falta de recursos para criar políticas de assistência estudantil são entraves para mudança que o governo federal planejava estimular com alterações no Enem, em 2009, e criação do Sisu
Dados do Ministério da Educação (MEC) mostram que, em 2017, apenas 10% dos ingressantes na rede federal de ensino foram estudar em uma instituição fora do Estado de residência. Um dos objetivos da mudança do Enem, em 2009, e da criação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) era democratizar o acesso ao ensino superior, diminuindo deslocamentos custosos e cansativos para os vestibulandos.
O Estado de São Paulo

Educação 4.0 - o que muda no ensino universitário

Unir a reflexão à prática. É esse o conceito que está ajudando a reformar currículos de cursos universitários. Se, tradicionalmente, os alunos recebiam uma formação mais teórica e abrangente, para, depois de formados, receberem um treinamento voltado às necessidades específicas do mercado de trabalho, agora a ideia é que a graduação já incentive o aluno a “colocar a mão na massa”, para que ele entenda como seu processo de aprendizagem pode contribuir para a resolução de problemas reais.
Época Negócios

Como tirar o melhor dos anos de formação universitária

Várias universidades públicas e privadas contam hoje com serviços de apoio ao estudante. Recebem alunos que enfrentam dificuldades de diferentes ordens: acadêmicas, pessoais e emocionais, e também econômicas, como de permanência estudantil.
Tendo em vista a pouca orientação que, em geral, estudantes recebem para esta etapa fundamental de sua formação, o Nexo consultou três especialistas para compor um panorama de iniciativas, competências e experiências desejáveis na trajetória de universitários de todas as áreas.
Nexo

Unicamp estima R$ 48 milhões para tirar do papel ou concluir obras atrasadas desde 2016

A Unicamp estima necessidade de aplicar R$ 48 milhões para tirar do papel ou finalizar obras incompletas pelo menos desde 2016, de acordo com levantamento da Diretoria Executiva de Planejamento Integrado (Depi). Naquele ano, o G1 e a EPTV, afiliada da TV Globo, mostraram que nove construções estavam nesta situação. Segundo a universidade, o andamento depende de recursos próprios.
G1

Negócios

Kroton conclui compra do controle da Somos Educação

A Kroton concluiu nesta quinta-feira (11) a compra de controle da empresa de ensino básico Somos Educação, numa transação de cerca de R$ 4,6 bilhões que será seguida por uma oferta para o fechamento do capital da empresa adquirida nos próximos 30 dias.
Folha de São Paulo

Eventos

Jovem da periferia de Curitiba discursa na ONU

O que um adolescente de 16 anos e as Organizações das Nações Unidas (ONU) têm em comum? A defesa de causas humanitárias. Gabriel Genivaldo dos Santos, morador de Vila Torres, em Curitiba (PR), representou o Brasil no Fórum da Organização das Nações Unidas (ONU), realizado no mês passado, em Genebra, na Suíça. O jovem da periferia fez um discurso no Comitê de Direitos Humanos da Criança na ONU sobre “Liberdade de expressão e violência nas escolas”, tema definido pela Organização. Além de Gabriel, outros dois jovens, um brasileiro e uma chilena, também foram ao evento, Pedro Cezariano Gouvêa, 11, e Camila Álvarez Cortés, 17.
Correio Btraziliense

Policiais e jurídicas

Professor é ameaçado por estudantes de esquerda em exibição de filme

Era para ser apenas mais uma atividade acadêmica, mas a exibição do filme “Bonifácio: O Fundador do Brasil” (veja trailer), de Mauro Ventura, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), tornou-se um verdadeiro campo de batalha.
De um lado, estudantes de direita – muitos com camisetas a favor do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) – e o professor de Filosofia Rodrigo Jungmann, responsável pela exibição do filme que analisa a personalidade de José Bonifácio a partir de tese filosófica de Olavo de Carvalho. De outro, estudantes de esquerda, com camisetas e adesivos de “Lula livre” e de Fernando Haddad, candidato à Presidência pelo PT, com canções de apoio aos petistas.
Gazeta do Povo

Alunos chamam professora de “preta galinha” e desenham suástica

Estudantes do ensino médio em São Paulo desenharam na porta da sala de aula de uma professora negra uma suástica com a inscrição “preta galinha do c+”. A ofensa ocorreu na Escola Rui Barbosa Conselheiro, na Zona Norte de São Paulo.
Gazeta do Povo

Outras do dia

‘Mulheres não devem ensinar matemática’: o que dizia o decreto imperial que inspirou o Dia do Professor

(...) Sugeriram o 15 de outubro, oportunamente equidistante dos períodos de férias escolares e significativamente importante para a educação no Brasil, por causa do decreto imperial de 1827.
Aos poucos, a ideia pegou. Outras escolas começaram a fazer o mesmo. Até que, em 14 de outubro de 1963, o então presidente João Goulart assinou o decreto nº 52.682 e criou o feriado escolar do Dia do Professor no Brasil.
BBC

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 11/out/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Estudantes bagunceiros se acalmam após sessões em projeto no interior de SP

(...) Os três fazem parte de um projeto pioneiro que reúne crianças e adolescentes “famosos” nas escolas em que estudam por puxarem a bagunça em sala ou pelo comportamento muito agitado. Eles participam de sessões semanais de discussões e aprendizado de valores ligados à cidadania e aos direitos humanos.
A iniciativa, chamada de “Cultura de Paz”, é fomentada pelo Núcleo de Formação e Promoção São Vicente de Paulo, organização de contraturno escolar e amparo social de Laranjal Paulista (a 135 km de São Paulo). A ação é apoiada e monitorada pelo Juizado da Infância e Juventude, com suporte da guarda municipal.
Folha de São Paulo

Por que dormir deveria ser a prioridade de todo estudante

Tamminen é especialista em como o sono afeta a memória, especialmente a linguagem. O aprendizado durante o sono - outra ideia que atrai estudantes, ansiosos por, digamos, um áudio de ensino de língua que fosse tocado durante o sono e acordássemos falando latim - é um mito. Mas dormir é essencial para o cérebro absorver conhecimento, e as pesquisas de Tamminen e de outros pesquisadores mostram o motivo disso.
BBC

Em São Paulo, projeto da USP empresta insetários para escolas públicas

Quem já passeou com uma criança ao ar livre sabe bem: pouca coisa prende tanto a atenção dos pequenos quanto os animais, sejam os mais simples ou os mais complexos. Um professor do Instituto de Biociências (IB) da USP, em São Paulo, criou um projeto que aproveita esse interesse natural para complementar o aprendizado.
O Insetos na Escola é um serviço gratuito que empresta coleções de insetos para professores da rede pública, que podem usá-los para trabalhar diferentes temas da biologia com alunos de todas as idades.
Usp

É preciso mudar o olhar e o tempo sobre a Arte na Educação Infantil

Os pais achavam estranho que a menina, que sempre se mostrava com coordenação motora para desenhos em casa, não tivesse o mesmo desempenho nas atividades de Arte na escola. Não entendendo o problema, o pai questionou a filha sobre as atividades. “Toda vez que eu começo alguma coisa, logo depois tem uma campainha que toca e eu preciso parar”, explicou a menina.
Não é só o tempo de aprendizado que é diferente para cada criança. O tempo para se expressar e criar, dois elementos fundamentais para a Arte, também.
Nova Escola

Alunos colocam a mão na massa para mudar hábitos alimentares

Em Barreiras (BA), educadora relata como o projeto "Cozinha Criativa" gerou impacto nos hábitos alimentares dos jovens e possibilitou o aprendizado de diferentes conteúdos
Porvir

Gestão

Como funcionam as escolas militares que são referência no ensino público de Goiás

Portões fechados e estudantes em ordem na quadra da escola, pontualmente, às 6h45 da manhã. Alunos perfeitamente fardados, em ordem e em silêncio. Canções militares e noções de civismo são passadas pelos superiores. Todos batem continência.
Essa é a primeira parte da rotina nos colégios militares em Goiás. Nesse local, há muita disciplina e organização. Rigor e ensinamento militar que deram resultados em qualidade do ensino e segurança, o que levou comunidades a pedirem ao governo do estado que replicasse em outras escolas o modelo de parceria entre Secretaria de Segurança Pública e a Secretaria de Educação de Goiás.
Gazeta do Povo

Escolas têm até esta quarta-feira, 10 de outubro, para retificar dados do Censo Escolar 2018

A retificação do Censo Escolar 2018 termina nesta quarta-feira, 10 de outubro. O período de 30 dias contados a partir da publicação dos dados preliminares no Diário Oficial da União (DOU), em 11 de setembro, é concedido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para que as instituições de ensino possam conferir e, se necessário, corrigir dados declarados. Os gestores escolares devem conferir os dados por meio dos relatórios disponibilizados no Sistema Educacenso.
Inep

Inclusão

Com restrições, Unicamp homologa 100% das inscrições para vestibular indígena

A Unicamp anunciou, nesta quarta-feira (10), que homologou todas as 610 inscrições recebidas para o vestibular indígena. De acordo com a instituição, apesar dos cadastros terem sido aceitos, parte dos candidatos ainda precisa fazer ajustes na documentação, como apresentar assinatura ou algum documento faltante.
G1

Leis e políticas

Revisão no ensino médio prevê ao menos duas opções de formações

Uma das preocupações levantadas durante a discussão da lei era a oferta das várias opções de formação aos estudantes em municípios menores
Todos os estudantes do ensino médio deverão ter a acesso a mais de um itinerário formativo no próprio município onde estudam, de acordo com a revisão preliminar das Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio, que foi divulgada pelo CNE (Conselho Nacional de Educação) e está disponível para análise e contribuições de toda a sociedade até o dia 23 de outubro.
R7

Existe ideologia de gênero na Educação?

Nos últimos anos, diferentes indivíduos e organizações tentaram barrar o debate sobre o tema, inicialmente na briga pela sua exclusão do Plano Nacional de Educação (PNE), assim como dos planos estaduais e municipais. Em seguida, diversos projetos de lei começaram a pipocar Brasil afora para tentar criar dispositivos que impedissem professores de discutir questões de gênero em suas aulas.
Os estudos de gênero partem de uma constatação fundamental: a de que todas as pessoas possuem os mesmos direitos. Essa afirmação aparece na Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948.
Nova Escola

STJ decide que dinheiro da educação básica não pode bancar honorários de advogados

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta quarta-feira que recursos da educação básica , a serem repassados a municípios a partir de uma decisão judicial para a qual não cabem mais recursos, não podem ser destinados ao pagamento de honorários de advogados. Por sete votos a um, a Primeira Seção do STJ entendeu que esse dinheiro do antigo Fundef - hoje Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb)-- tem natureza constitucional e, portanto, não pode sofrer um desconto para que parte seja destinada a bancas de advocacia contratadas para destravar os recursos. A finalidade deve ser exclusivamente para educação básica.
O Globo

Cartilha do MEC orienta parlamentares sobre emendas para a educação

O ministro da Educação, Rossieli Soares, elencou alguns dos programas prioritários da pasta que podem receber emendas individuais dos parlamentares ou das bancadas. Entre as prioridades do MEC está a destinação de recursos para ônibus escolares, computadores e aparelhos de ar condicionado para as escolas.
IstoÉ

Estatística, pesquisas e estudos

Educação falha tira metade do potencial produtivo do brasileiro

Novo índice do Banco Mundial situa país na 81ª posição, atrás da Rússia e da China
A baixa qualidade da educação condena as crianças nascidas hoje no Brasil a atingir, em média, aos 18 anos pouco mais da metade do seu potencial produtivo, limitando suas condições de inserção no mercado de trabalho.
É o que revela um novo índice criado pelo Banco Mundial para mensurar os retornos dos investimentos dos países em capital humano.
Folha de São Paulo

Como transformar seu filho em um gênio, segundo estudo feito durante 45 anos

Estudo lança luz sobre como estimular crianças inteligentes para que sejam adultos bem-sucedidos
O estudo vai contra a antiga crença de que "a prática leva à perfeição", segundo a qual você pode se tornar um especialista em alguma coisa contanto que trabalhe duro e tenha foco.
Em vez disso, o SMPY sugere que a capacidade cognitiva inicial - como resolver problemas e tomar decisões corretas - tem mais efeito sobre a conquista do que a prática ou até mesmo o status socioeconômico de uma pessoa.
BBC

Opinião

Como as ferramentas digitais contribuem para o processo de aprendizagem?

Não adianta fugir: as ferramentas digitais chegaram para ficar! Elas impulsionam a aprendizagem e são capazes de apoiar a aprendizagem de crianças e jovens ao transformar práticas pedagógicas. Essas ferramentas se tornaram tão essenciais que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que norteia a construção do currículo da Educação Básica, tornou o mundo digital uma competência de ensino que deve atravessar o currículo de todas as disciplinas, enfatizando seu uso reflexivo e ético.
Nova Escola

Gestão democrática da escola: como inserir esta ideia entre os alunos

Na esfera escolar a democracia tem se tornado algo muito além de um princípio de gestão. Ela tem se constituído em um jargão que sugere legitimidade às instituições de ensino, especialmente àquelas da Educação Básica. Nesse sentido, nós, gestores e profissionais da educação em geral, devemos ter uma prática condizente com o valor da democracia que presumimos ter.
Gestão Escolar

Os desafios para implementar história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas

No período que marca os 15 anos da alteração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional pelas Leis n. 10.639/2003 e 11.645/2008 vemos o crescimento de muitas ações focadas na implementação do ensino de história e cultura africana, afro-brasileira e indígena nas escolas, em todos os níveis de ensino. Toda essa mudança política e normativa rompe definitivamente com a expectativa de parte da população brasileira de que este debate nunca alcançaria a esfera pública e se transformaria em política de Estado. No entanto, embora essas mudanças e iniciativas sejam importantes, chamamos a atenção para a necessidade de acompanhamento e discussão permanente sobre os entraves do processo de implementação, que tem se mostrado ainda bastante inicial.
Nova Escola

Eventos

Brasileiros conquistam medalhas de ouro e prata em Olimpíada Internacional de Economia

Com duas medalhas de ouro e duas de prata, cinco estudantes brasileiros trouxeram para o país o prêmio de 3ª melhor equipe do mundo na Olimpíada Internacional de Economia (IEO – International Economics Olympiad), realizada em Moscou, capital da Rússia, entre 14 e 22 de setembro.
Brasil Escola

Outras do dia

Proposta para permitir que escolas religiosas rejeitem alunos gays causa controvérsia na Austrália

O governo da Austrália está revisando as leis de liberdade religiosa e de discriminação sexual e estuda um pedido para que escolas possam recusar alunos, professores e funcionários gays.
Há pressão para o país alterar a legislação para permitir que instituições religiosas de ensino selecionem estudantes e funcionários com base na orientação sexual e identidade de gênero. Isso já acontece em algumas escolas de alguns Estados australianos, mas as mudanças seriam estendidas a todo o país.
BBC

Universidades britânicas são cobradas a ter programas para saúde mental dos estudantes

Com um em cada quatro estudantes buscando atendimento psicológico em universidades, o governo britânico planeja fazer da saúde mental dos alunos um tema prioritário. O ministro da Educação Superior, Sam Gyimah, diz que se as universidades não acelerarem medidas, o governo tomará iniciativa. Ele provocou controvérsia ao dizer que as universidades deveriam agir como “in loco parentis” – como são chamados os pais substitutos de seus alunos.
Porvir

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Notícias de Educação - 10/out/2018

Clipping Focando Educação

Sala de aula

Manual explica importância das eleições para crianças

Durante uma aula de informática ministrada por Telma Aparecida, uma das alunas, de 9 anos, se dirigiu para a professora com uma novidade. "Uma amiga da minha mãe disse que não sabia em quem ia votar. Então, peguei minha cartilha e dei para ela ler. Agora, ela já sabe pesquisar para votar". A Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Laerte José dos Santos, onde Telma dá aulas, resolveu trabalhar política de um modo diferente esse ano. Com a proximidade do período eleitoral, a instituição adotou o Manual das Eleições para Crianças e Adolescentes, cartilha criada para explicar o processo para os futuros eleitores.
Época

Gestão

MG: Colégio Santo Antônio recebe selo da Unesco

Perto de completar 110 anos de história em Minas, dos quais seis décadas em Belo Horizonte, o Colégio Santo Antônio (CSA) conquista uma certificação importante na sua “vida escolar”. A instituição de ensino, com sede na Rua Pernambuco, na Savassi, na Região Centro-Sul da capital, tornou-se integrante da rede de Programa de Escolas Associadas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (PEA/Unesco).
Estado de Minas

SP: Obras de CEUs paralisadas por quase dois anos são retomadas

Depois de quase dois anos de paralisação, a Prefeitura de São Paulo anunciou nesta terça-feira, 9, a retomada das obras de construção de 12 Centros Educacionais Unificados (CEUs), com promessa de entrega até o fim de 2020. A Secretaria Municipal da Educação pretende receber alunos nas novas unidades a partir de 2021. Na cidade, ainda restarão duas obras suspensas, sem prazo para retomada.
O Estado de São Paulo

Leis e políticas

Conselho de Educação propõe liberar até 20% de atividades a distância no ensino médio

Resolução colocada em consulta pública amplia para até 30% esse porcentual no caso de alunos de cursos noturnos
A resolução que atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio foi colocada em consulta pública nesta terça-feira, 9, pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). O texto propõe que as atividades a distância possam contemplar até 20% da carga horária total dos estudantes de ensino médio.
O Estado de São Paulo

Conselho recua e agora propõe liberar só até 20% do ensino médio a distância

Folha de São Paulo

Política eleitoral, partidária e afins

Bolsonaro e Haddad querem rever a Base Nacional Curricular Comum

Independentemente de quem for eleito presidente da República, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada em 2017, deve mudar. Os programas de governo de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) preveem adaptações ao documento, inédito no País, que descreve objetivos de aprendizagem para todos os anos de educação infantil e fundamental. Desde a aprovação, Estados, municípios e escolas particulares estão trabalhando para se adaptarem a novas diretrizes.
O Estado de São Paulo

Bolsonaro x Haddad: quais são as propostas para a educação brasileira?

No próximo dia 28 de outubro, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) voltarão a se enfrentar nas urnas. Até lá, os candidatos à presidência seguirão defendendo suas ideias e propostas para o Brasil. Na Educação, os candidatos precisarão lidar com um cenário não muito promissor. Dados de avaliações mais recentes da educação brasileira mostram que ainda temos muito a melhorar. No último Pisa – avaliação internacional que mede o desempenho educacional dos alunos de 15 anos em 70 países –, realizado em 2015, o Brasil ocupou a 63º posição em ciências, 59º em leitura e a 66º em matemática.
Alagoas 24h

'Estou procurando alguém para ser ministro da Educação que tenha autoridade', diz Bolsonaro

O candidato do PSL ao Palácio do Planalto nas eleições 2018, Jair Bolsonaro afirmou que busca um nome que tenha autoridade para comandar o Ministério da Educação, caso seja eleito na disputa do segundo turno com seu rival, Fernando Haddad (PT). "Estou procurando alguém para ser ministro da Educação que tenha autoridade. Que expulse a filosofia de Paulo Freire. Que mude os currículos escolares", disse, e emendou: "para aprender química, matemática, português e não sexo".
O Estado de São Paulo

Estatística, pesquisas e estudos

O que um estudo com gêmeos revela sobre o papel da genética no desempenho escolar

Descobrimos que 70% dessa estabilidade é explicada por fatores genéticos, enquanto 25% são resultado do ambiente compartilhado pelos gêmeos, como crescer na mesma família e frequentar a mesma escola. Outros 5% foram explicados por fatores não compartilhados do ambiente, como amigos ou professores diferentes.
É razoável supor que essa importante influência dos genes na continuidade do desempenho escolar possa ser explicada pela inteligência. Mas descobrimos que a influência dos genes continua fundamental - em 60% - mesmo depois de contabilizar a inteligência, que foi medida usando-se vários testes verbais e não verbais realizados pelos gêmeos ao longo da infância e adolescência.
BBC

Quase um bilhão de meninas e jovens não têm acesso ao ensino de habilidades para as profissões do futuro, diz estudo

Um relatório divulgado nesta quarta-feira (9) pelo Fundo Malala aponta que 955,6 milhões de meninas e mulheres de até 24 anos atualmente não têm acesso ao ensino e desenvolvimento de habilidades consideradas fundamentais para o mercado de trabalho do futuro. Ao G1, Farah Mohamed, CEO do Fundo Malala, afirmou que deixar de preparar a geração atual de meninas e jovens pode deixá-las vulneráveis a situações laborais precárias no futuro.
G1

Avaliação

MEC e Inep divulgam resultados do Enade 2017 e Indicadores de Qualidade da Educação Superior

Os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 e dois dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior que dele derivam – o Conceito Enade e o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD) – foram apresentados pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em coletiva de imprensa nesta terça-feira, 9 de outubro, em Brasília (DF), juntamente com um perfil dos participantes da edição.
Inep

Resultados fomentam política de avaliação especial pela melhoria do ensino superior

MEC

Só 5,9% dos cursos superiores obtêm conceito máximo no Enade 2017

G1

Cursos superiores tecnológicos ficam com nota acima da média no Enade

Hoje em Dia

Em expansão, cursos a distância têm piores notas em prova nacional

Folha de São Paulo

EAD

Por que o ensino à distância tem crescido no Brasil

Enquanto matrículas em cursos presenciais de ensino superior vêm caindo, número de estudantes em cursos não presenciais já correspondem a 20% do total
Josiane Tonelotto, professora e conselheira da Abed (Associação Brasileira de Ensino à Distância), credita esse aumento a uma soma de de fatores. A redução de programas de bolsas de estudo e financiamento estudantil, como o ProUni (Programa Universidade Para Todos) e o Fies (Financiamento Estudantil), são dois deles. O país também vive uma crise econômica. Existe ainda uma tendência de as pessoas aceitarem mais o EaD como uma forma de capacitação, de formação profissional, e ele também é mais inclusivo, atende pessoas que já deixaram a escola há algum tempo e querem retornar [aos estudos]”.
Nexo

Ensino superior a distância é ferramenta de inclusão

Segundo ministro da educação, jovens solteiros são maioria em cursos presenciais. Já a EaD recebe pessoas mais estabilizadas no trabalho
Comparar os resultados da educação superior presencial e da EaD (educação a distância) “não é simples”, segundo o ministro da Educação, Rossieli Soares. O ministro defende a EaD como uma “importante ferramenta de inclusão”. De acordo com os resultados do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), divulgados nesta terça-feira (9) pela pasta, os cursos presenciais tiveram melhor desempenho na avaliação.
R7

Opinião

O ralo do ensino médio

Um tanto tardiamente, o governo federal dá passos para deixar o campo dos diagnósticos e deslanchar a reforma do ensino médio que se propôs a fazer, reservando R$ 400 milhões para auxiliar cerca de 5.000 escolas —de um total de 28,5 mil estabelecimentos— a implantá-la até 2020.
As aulas no ensino médio precisam tornar-se mais interessantes e úteis para os jovens. Um bom começo seria empreender melhorias na infraestrutura da escola, no transporte e no acompanhamento de alunos em dificuldade.
Folha de São Paulo

Eventos

Série mostra o trabalho coletivo em escolas transformadoras

Dirigida por Cacau Rhoden, ‘Corações e Mentes’ apresenta experiências de empatia, trabalho em equipe, criatividade e protagonismo em diferentes regiões do país
Porvir

Outras do dia

Alunos do ensino médio fazem ‘vaquinha’ para arrecadar dinheiro e ir a competição na Índia

Matemática, raciocínio lógico, robótica. Para uns, qualquer palavra associada às ciências exatas pode soar como um pesadelo. Já outros vão muito bem, obrigado, quando o assunto envolve números. Esse é o caso de sete amigos, que cursam o ensino médio em escolas privadas do Rio e vão representar o Brasil na QUANTA, uma competição internacional que testa o desempenho dos participantes nas áreas de cálculo, inglês e astronomia. A vasta coleção de medalhas em olimpíadas brasileiras de conhecimento foi o que credenciou os jovens para a delegação. O desafio, agora, é arrecadar fundos para custear a viagem até a Índia, onde acontecem as provas. Para isso, o grupo criou uma “vaquinha” on-line.
O Globo